Colunistas

avatar
Darah Gomes

Colorindo Vidas

De blog, a canal no YouTube, e coluna no V9, o Colorindo Vidas volta a trazer as principais notícias sobre o mundo da moda. Porque não se trata apenas de roupa, se trata de arte. Sobre cores e modelos que trazem significado e expressões da nossa realidade.

Carrie Bradshaw e a lição de bem-estar no home office

Enviado por: 23/06/2020

(Imagem: Reprodução/HBO)

Que atire a primeira pedra quem não está sentindo falta de se produzir. Em meio ao isolamento social, nosso pijama virou uniforme. A necessidade de não sair de casa afeta negativamente o psicológico, e deixar de se arrumar ou, apenas tirar um tempo para cuidar de si mesma, pode ter o mesmo efeito. A quarentena nos obrigou a reinventar nossa rotina, de acordo com uma pesquisa realizada pela empresa WW Vigilantes do Peso, 87% das pessoas que aderiram a quarentena, mudaram os hábitos alimentares. Mas, nossa saúde mental também está em risco e a forma como cuidamos de nós mesmos precisa mudar.

(Imagem retirada da internet)

A melhor inspiração para esse momento é a personagem Carrie Bradshaw, interpretada por Sarah Jessica Parker em Sex and The City. Já falei sobre ela no meu primeiro post da coluna, mas continua sendo uma exemplo importante. Carrie era jornalista e escritora, e tinha um cantinho separado em casa para escrever. A rotina da personagem consistia em trabalhar de frente à janela do apartamento, observando a vista. Já nos momentos mais difíceis, ela podia até ficar um pouco na cama, mas sempre procurava algo para se inspirar, no caso dela, uma coleção de sapatos sempre ajudava. Mas, mesmo no home-office, Carrie nunca deixou de lado o estilo, sempre se vestia para fazer o trabalho e estabelecia horários. Lições valiosas para quem está passando pelo isolamento social e nunca tinha trabalhado de casa. É importante lembrar que não estamos falando de dress-code, basta você tirar o pijama e se vestir da forma que se sente bem, poderá ser ainda melhor que colocar o uniforme e ir ao serviço.

Para psicóloga Kátia Maria, uma boa autoestima está ligada diretamente com a construção da imagem que temos de nós mesmos, por isso é tão importante reservarmos um tempo para cuidarmos de nós mesmos. “Vivemos um cenário em que nossas emoções ficam balançadas. O trabalho remoto é positivo, porém muitas pessoas queixam-se sobre o desânimo de se arrumar e permanecer em casa o dia inteiro. Nesse momento, é importante olhar para os sentimentos gerados à partir desse desânimo e solidão, pois eles impactam nossa autoestima. Se não cuidarmos de nós mesmos, é provável que a ansiedade, tristeza profunda e preocupação em excesso tomem conta, causando depressão, ansiedade generalizada, entre outras doenças da mente”, explica. Além da troca de roupa no home-office, Kátia também indicou outras atividades para aliviar a mente e trazer bem-estar durante o isolamento social, “fazer psicoterapia e exercícios físicos, tomar um banho relaxante, evitar usar pijamas o tempo todo e realizar atividades prazerosas para si”.

Uma pesquisa realizada em 2011 pela Universidade do Texas revelou que a beleza interfere na felicidade das pessoas, principalmente nas mulheres. Por isso, como já mostrava Carrie nos anos 90, nos sentir bem com a imagem que vemos no espelho diariamente é muito importante. Busque praticar exercícios que beneficiem a saúde do seu corpo e reservar momentos para você cuidar de si mesma, seja em um tratamento relaxante para pele ou vestindo o seu look favorito. Lembre-se que os tempos são sombrios demais para deixarmos de lado momentos que nos trazem um pouco de calma e alegria.

Facebook I Instagram Colorindo Vidas I Instagram Darah I colorindovidasblog@gmail.com

Comentários...