Colunistas

avatar
Wander Tomaz

Gigante de Minas

Locutor Esportivo com atuação em Minas Gerais, há três décadas. Nome reconhecido em todo o Estado, inclusive com biografia inclusa em obra publicada sobre os principais influenciadores do rádio esportivo mineiro. Narrador e comentarista esportivo da Rede Vitoriosa de Comunicações (Rádio Vitoriosa FM 105.5 e TV Vitoriosa SBT). Agora na internet com o V9 Vitoriosa

CORONAVÍRUS ASSOLA; UBERLÂNDIA EC FICA SEM OITO ATLETAS E TREZE NO TOTAL PARA A FINAL CONTRA O CRUZEIRO

Enviado por: 04/08/2020

O Uberlândia Esporte Clube (UEC) sofre novas baixas para a decisão do Troféu Inconfidência, nesta quarta-feira (5/8), contra o Cruzeiro, no Mineirão. Exames feitos na manhã desta terça-feira em Belo Horizonte apontaram cinco novos atletas e membros de comissão técnica, com coronavírus.

O zagueiro Plínio e o volante Erick – autor de dois gols nesta reta final – testaram positivo e são graves desfalques. Com isso, o setor defensivo fica muito desfalcado, haja vista que já não teria Rogério, com o terceiro amarelo.

Os exames desta terça-feira apontaram os seguintes atletas e profissionais do staff com coronavírus:

Rogério (acompanhava a delegação); Plínio (zagueiro); Erick (volante); Zé Vitor (zagueiro); Clebinho (meia); Sr. João Luiz (massagista) e Giovanni Mendes (fotógrafo oficial do clube).

Também pôr coronavírus, no duelo de semifinais, diante do Boa Esporte, ficaram de fora; o goleiro suplente Alex; o volante Luiz Alexandre; o meia atacante Breno; o atacante Dija Baiano, além do roupeiro Paulo Edson e o Diretor de Futebol Fabrício Tavares. Neste momento, infelizmente, o Verdão está com 13 profissionais fora de combate.

DESFALQUES EM SÉRIE

Desde a paralisação do Campeonato Mineiro, em virtude da pandemia, o Uberlândia EC perdeu basicamente a metade de seu elenco.

Não retornaram ao clube, o goleiro Rafael; o lateral direito Joazi; o meia Diogo Peixoto, e os atacantes Jhulliam e Tiago Amaral.

Após o término da primeira fase, o lateral esquerdo Fábio Alves e o volante Jô retornaram ao Floresta (CE) e não jogaram contra o Boa Esporte. Alex, Luiz Alexandre, Breninho e Dija Baiano também ficaram de fora das semifinais devido à Covid-19.

E agora, para a decisão contra o Cruzeiro, Rogério, que testou positivo, já era desfalque por ter recebido o terceiro cartão amarelo no último domingo, além de Plínio, Zé Vitor, Erick e Clebinho.

TIME PARA A DECISÃO

Neste momento, é muito difícil arriscar uma formação para a decisão contra o Cruzeiro. Na defesa, o Verdão terá somente o zagueiro Tayron.

Para efeito de exercício, uma provável formação:

Diego, Cesinha, Iuri (base improvisado), Tayron e Vando (aquele de 2015); Leandro Salino, Janini (base) e Eder Luiz; Luizinho, Felipe Alves e Vandinho.

O técnico Luizinho Lopes conhece bem os atletas formados na base. Pode apresentar algumas novidades na formação titular, como por exemplo, Matheus (lateral), Hugo (meia) e Leozinho (atacante). Paulo Vítor (meia) e Andrew Gabriel (atacante) são outras possibilidades. O banco será formado apenas por atletas da base, e mesmo assim incompleto devido ao elevado número de desfalques.

Infelizmente são tempos difíceis para todos. Estamos atravessando um momento incerto. Paciência e perseverança para todos. Devemos buscar a todo momento a coragem, e controlar nosso próprio desespero. Do fundo de meu coração desejo rápida recuperação aos atletas e colaboradores do clube, bem como a todos que são vítimas desta tempestade pandêmica.

Comentários...