Colunistas

avatar
Anne Francis Costa

Refém das emoções? O corpo é que paga

Psicóloga Clínica – Terapia Cognitiva Comportamental
CRP nº 04/56392
Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário do Triângulo (Unitri).
A terapia busca tratar problemas psicológicos, emocionais e comportamentais.
Ela pode trazer enormes benefícios para o paciente: segurança nas decisões,
aumento da autoestima, autoconhecimento, desenvolvimento pessoal,
tolerância à frustração, superação de conflitos internos, superação de traumas
e abusos, motivação, melhora os relacionamentos interpessoais.

Rotina e disciplina

Enviado por: 24/02/2021

Para alcançar metas, objetivos, é preciso organizar. Conciliar sua vida profissional, pessoal e acadêmica é possível desde que haja um bom planejamento do dia a dia e um equilíbrio entre as atividades a serem realizadas. Foco, rotina e disciplina são essenciais. Não há como manter uma vida organizada sem estruturá-la, criando um sistema que coloque cada atividade em seu devido lugar.

A rotina é um hábito de fazer as coisas sempre da mesma maneira seja consciente ou inconsciente, pela prática ou imitação. São atividades que você realiza todos os dias. Por exemplo: sempre ao acordar pela manhã, você toma um banho, escova os dentes, se arruma, toma café, vai para o trabalho, etc. Com uma rotina você fica menos sujeito aos imprevistos do dia a dia, o que diminuiu o estresse.

Ter horários fixos para acordar, dormir, trabalhar, se alimentar e fazer exercício evita situações de ansiedade e desorientação. A disciplina existe quando as pessoas constroem hábitos no seu dia a dia, que induz a um comportamento e uma forma de viver especifica. Para desenvolver uma disciplina temos algumas dicas: reconheça seus pontos fracos, estabeleça um plano claro, minimize as tentações, pratique sua tolerância ao desconforto
emocional, visualize as recompensas em longo prazo, aceite que você erra e pode recuperar desses erros.

Ter disciplina é um sinal de força interior e controle de si mesmo, o que inclui suas ações e reações sobre o que acontece ao seu redor. Com a disciplina você consegue traçar metas para alcançar seus objetivos, colocá-las em prática sem se perder no meio do caminho, a pessoa tem um bom aproveitamento do seu tempo, é mais produtiva, evita o estresse e ganha mais qualidade de vida.

Ninguém se torna uma pessoa disciplinada da noite para o dia. As mudanças devem começar com pequenos passos para que se tornem hábitos. Caso contrário, é enorme a chance de fracassar. A rotina e a disciplina são importantes porque, sem elas, e com a enorme quantidade de tarefas diárias, não seria difícil se perder e acabar deixando tudo
para a última hora. Como resultado dessa prática, o que surge é a improdutividade. Quando tudo se torna urgente, corre-se o risco de não fazer as atividades como deveria e há maior desgaste e maior perda de tempo. Tais ocorrências podem ser de ordem interna, como a preguiça, ou de ordem externa, como os imprevistos. No entanto, para vencer a procrastinação e a desordem, é preciso mais do que vontade: a disciplina tem que ser praticada.

Ao contrário do que alguns pensam, ter disciplina não nos priva das coisas boas da vida, e sim nos permite aproveitá-las com mais intensidade. Ao executar uma tarefa, desfrutamos da sensação de dever cumprido quando o
finalizamos. Existem alguns erros de uma pessoa que não pratica a disciplina: não cumprir prazos, chegar atrasada e esquecer um compromisso. Porém, todas elas são evitáveis por meio de um bom planejamento.

Quando quiser mudar hábitos desfavoráveis, o esforço inicial será bem maior. Mas se mantermos o foco, após algum tempo, os frutos desse empenho aparecerá e nos dará força para continuar. Portanto, observe sua rotina. Pontue em quais ações você quer ter uma mudança e, se necessário, faça uma lista. A partir daí, comece pelo que julga ser mais simples, aumentando gradualmente a duração das tarefas e a intensidade com que são feitas, em que momento devem ser realizadas. Por exemplo, se o seu objetivo é estudar três horas todos os dias comecem estudando meia hora e estenda esse tempo sempre que sentir que já consegue e pode avançar.

Conhecer a si mesmo é fundamental para que se obtenha o sucesso, ter conhecimento das suas capacidades e também das suas limitações lhe permite melhorar os pontos fracos e intensificar os fortes. A ordem com a qual executamos nossas tarefas influencia totalmente o nosso rendimento ao longo do dia e da semana. Algumas pessoas preferem se planejar no dia anterior, algumas pela manhã, e ainda há quem goste de fazer um planejamento semanal. Na verdade, cada um deve fazer como se sentir mais confortável e escolher o método de acordo com suas possibilidades e capacidades.

Somos seres em construção e, por isso, nos modificamos a todo instante. Em alguns casos, uma ajuda profissional é necessária. E não é vergonha alguma reconhecer que precisa desse auxílio. Os psicólogos podem ajudar nesse processo. Eles têm ferramentas que fazem com que possamos nos auto-analisar e perceber quais são nossas principais características e como podemos utilizá-las em nosso favor.

Comentários...