Culinária

Bolo de sorvete com calda de frutas vermelhas

O azedinho das frutas cai muito bem nessa doçura maravilhosa. A cada passo da receita que você completar, pense: vai valer a pena. Porque vai mesmo.

FRUTAS CONGELADAS

Você pode também utilizar frutas congeladas para preparar a calda. Neste caso, elas vão direto do congelador para a panela.

Fonte: Panelinha

Enviado por: Carolina Vilela 27/08/2019
Ingredientes
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 ½ xícaras (chá) de leite
  • 3 ovos
  • ½ xícara (chá) de açúcar
  • 1 colher (chá) de extrato de baunilha

Para a calda de frutas vermelhas:

  • 2 ½ xícaras (chá) de frutas vermelhas (morango, framboesa e amora – cerca de 350 g)
  • 1 ½ xícara (chá) de açúcar
  • caldo de 2 limões
Modo de Preparo
  1. Numa tigela pequena, quebre um ovo de cada vez separando a clara da gema. Transfira as gemas para uma tigela média e as claras para uma tigela de inox ou vidro – elas serão aquecidas em banho-maria.
  2. Numa panela média, misture o leite condensado com o leite e leve ao fogo médio até começar a ferver, mexendo de vez em quando para não formar nata.
  3. Assim que o leite começar a ferver, abaixe o fogo e, de concha em concha, regue metade da mistura de leite quente sobre as gemas, mexendo bem com um batedor de arame – esse processo, chamado temperagem, evita que as gemas cozinhem com o excesso de calor. Então, volte a mistura de leite com gemas para a panela, adicione o extrato de baunilha e cozinhe por mais 10 minutos, mexendo com uma espátula, até formar um creme mais espesso. Para verificar se está no ponto, cubra as costas de uma colher e passe o dedo indicador formando uma linha: o creme não pode escorrer.
  4. Transfira o creme para uma tigela grande e deixe amornar sobre uma travessa com gelo e água – a ideia desse banho-maria invertido é acelerar o resfriamento.
  5. Enquanto o creme esfria, forre com filme uma fôrma retangular de 28 cm x 11 cm x 7 cm – é importante cobrir bem toda a fôrma, para ficar mais fácil de desenformar o bolo.
  6. Leve uma panela pequena com água ao fogo médio – ela servirá de base para o banho-maria. Junte o açúcar às claras, encaixe a tigela na panela e mexa com um batedor de arame, por 2 minutos –  cuidado para não cozinhar as claras. Para ter certeza de que está no ponto, retire uma porção da mistura com uma colher e usando a ponta dos dedos verifique se as claras estão aquecidas e sem grãozinhos de açúcar.
  7. Transfira as claras com açúcar para a tigela da batedeira e bata por 5 minutos até formar um merengue: comece em velocidade baixa e vá aumentando gradualmente. Cuidado para não bater demais as claras, se o merengue ficar muito firme, vai ser mais difícil de misturar com o creme de gemas.
  8. Retire o creme de gemas do banho-maria invertido. Adicione ⅓ do merengue batido ao creme e misture bem com o batedor de arame para incorporar. Acrescente o restante do merengue e misture delicadamente com uma espátula, em movimentos de baixo para cima, para não perder a aeração.
  9. Com uma concha, transfira a base do sorvete para a fôrma e nivele a superfície com a espátula para deixar bem retinho – bata levemente a fôrma contra a bancada para o sorvete se acomodar melhor e ficar sem buracos depois que congelar. Cubra com filme e leve ao congelador por no mínimo 5 horas para firmar (se preferir prepare no dia anterior).

Para a calda de frutas vermelhas:

  1. Numa panela média, misture as frutas inteiras com o açúcar e o caldo de limão. Leve ao fogo baixo e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, mexendo de vez em quando, até formar uma calda grossa – as frutas vão cozinhar no próprio líquido e desmanchar.
  2. Transfira a calda para uma tigela e deixe amornar antes de levar para a geladeira. Deixe esfriar completamente antes de servir (se preferir, prepare no dia anterior).

Comentários...