Esportes

Botafogo sofre, mas vira sobre o Audax Italiano no fim pela Sul-Americana

Enviado por: Redação V9 13/04/2018

Rodrigo Pimpão vira o jogo para o Botafogo aos 45min do segundo tempo: vitória depois do susto Fonte: AFP/CLAUDIO REYES

Assim como na final do Campeonato Carioca, o Botafogo mostrou que não desiste e venceu por 2 a 1 o Audax Italiano-CHI, nesta quinta-feira, em Santiago, pela Copa Sul-Americana. Os alvinegros saíram atrás após Sérgio Santos marcar para os donos da casa, mas viraram no segundo tempo, com Brenner e Rodrigo Pimpão, este último nos acréscimos.

Com o resultado, o Botafogo pode até perder pelo placar mínimo no duelo da volta que estará classificado. As duas equipes voltam a se encontrar no dia 9 de maio, no estádio Nilton Santos.

O jogo

A partida não começou bem para o Botafogo, pois logo no primeiro ataque, Renatinho sentiu um problema e precisou ser substituído por Matheus Fernandes. Mesmo com a perda, os alvinegros buscava mais o ataque que o Audax Italiano, mas ambas a equipes não incomodavam o goleiro adversário.

A primeira boa chance da partida aconteceu somente aos 20 minutos. Gilson cruzou rasteiro para a área, Brenner não alcançou e Bosco apareceu para salvar os donos da casa antes da chegada de Leandro Carvalho. O lance animou os alvinegros, que quase marcaram dois minutos depois. Após falta cobrada área, Marcelo cabeceou próximo ao gol.

O Audax Italiano não se intimidou e passou a levar perigo no ataque. Na melhor chance, aos 32 minutos, Manuel Fernández aproveitou escanteio e cabeceou perto do gol de Gatito Fernández.

A partir dai, os donos da casa passaram a dominar o confronto. De tanto insistir nos cruzamentos, o Audax Italiano abriu o placar aos 40 minutos. Carrasco cruzou pela direita e viu Jeraldino tocar pressionado pela zaga. A bola encobriu Gatito Fernández, que conseguiu espalmar, mas ela bateu no travessão e sobrou para Sérgio Santos apenas empurrar para a rede.

Nos minutos finais, o Botafogo não conseguiu pressionar em busca do empate e viu o Audax Italiano ir para o intervalo a frente no placar em Santiago.

O segundo tempo iniciou equilibrado, mas o Botafogo, aos poucos, passou a dominar o confronto. Tanto que aos 12 minutos, Brenner fez boa jogada e chutou para defesa de Peric. No rebote, Marcelo quase empatou para os visitantes.

Os alvinegros chegavam com facilidade ataque, mas sofriam no último passe. Após tentar bastante, o Botafogo chegou ao empate aos 26 minutos. Após falta cobrada na área, Brenner cabeceou mal, mas viu a bola ficar próxima para finalizar para a rede.

Depois do empate, o Botafogo se tranquilizou e diminuiu o ritmo. O Audax Italiano percebeu e conseguiu equilibrar a partida, mas não mostrava o mesmo ímpeto da etapa inicial.

Nos minutos finais, o jogo voltou a ganhar em emoção. As duas equipes foram em busca do gol. Enquanto o Audax Italiano tentava os cruzamentos para Loco Abreu, o Botafogo quase marcaram ao segundo aos 41, com Rodrigo Pimpão. O atacante cabeceou, mas parou em defesa de Peric. Só que aos 45, os alvinegros chegaram a virada. Rodrigo Pimpão aproveitou cruzamento de Gilson para empurrar para a rede e dar números finais no Chile.

AUDAX ITALIANO 1 X 2 BOTAFOGO

AUDAX ITALIANO

Nicolás Peric, Osvaldo Bosso, Labrin (Fabían Torres), Manuel Fernández e Nicolás Fernández; Cabrera, Sebastián Díaz, Iván Vásquez e Bryan Carrasco; Jeraldino (Navarro) e Sergio Santos (Loco Abreu)

Técnico: Hugo Vilches

BOTAFOGO

Gatito Fernandez; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Marcelo, Renatinho (Matheus Fernandes) (Marcos Vinícius), Leo Valencia e Leandro Carvalho (Rodrigo Pimpão); Brenner

Técnico: Alberto Valentim

Local: Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile)

Data: 12 de abril de 2018 (Quinta-feira)

Árbitro: Andrés Rojas (Colômbia)

Assistentes: Wilmar Navarro (Colômbia) e Dionisio Ruíz (Colômbia)

Público: 2.187 pagantes

Cartões amarelos: Bosso, Vásquez e Díaz (Audax Italiano); Marcelo, Brenner e Rodrigo Pimpão (Botafogo)

GOLS: Sérgio Santos, aos 40min do 1ºT; Brenner, aos 26, e Rodrigo Pimpão, aos 45 do 2ºT

Superesportes

Comentários...