Esportes

São Paulo perde para a Chapecoense em seu nono jogo sem vitória

Enviado por: Redação V9 17/07/2017

Divulgação

O São Paulo segue em situação extremamente delicada no Campeonato Brasileiro. Visitando a Chapecoense neste domingo em confronto direto na Arena Condá, a equipe do técnico Dorival Jr não conseguiu encerrar a sequência de oito jogos sem triunfos e acabou derrotada para os donos da casa por 2 a 0, gols de Túlio de Melo aos 18 minutos do segundo tempo, e Lucas Marques, aos 47 minutos do 2º tempo.

Em confronto direto contra a zona de rebaixamento, São Paulo e Chapecoense travaram um primeiro tempo bastante equilibrado. O Tricolor até iniciou a etapa complementar levando perigo ao gol de Jandrei, entretanto, pouco criou no restante do jogo e viu os rivais balançarem as redes em jogada aérea após cobrança de falta. Tentando encontrar o time ideal para o decorrer do Brasileirão, Dorival Jr começa a perceber na prática que terá muito trabalho pela frente se quiser livrar o clube do rebaixamento.

Com o triunfo sobre o Tricolor, a Chapecoense se mantém fora do grupo dos últimos quatro colocados do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos, assumindo provisoriamente a 12ª colocação. O Verdão do Oeste, que encerrou o jejum de seis jogos sem vitória, terá de torcer por um tropeço do Bahia contra o Avaí, que entram em campo às 19h (de Brasília), neste domingo, para se manter na atual posição.

Já o São Paulo chegou ao nono jogo sem um resultado positivo. A situação do Tricolor poderá ficar ainda mais complicada se o Avaí vencer o Bahia, uma vez que os catarinenses têm a chance de afundar a equipe de Dorival Jr na 18ª colocação. Pratto, Cueva e companhia tentarão se recuperar de mais um revés na próxima quarta-feira, quando recebem o Vasco, às 21h45, no Morumbi.

O JOGO

Sem vencer há oito rodadas, o São Paulo não perdeu tempo. A necessidade da vitória parecia ter se refletido no desempenho da equipe dentro de campo, e logo aos quatro minutos os visitantes quase abriram o placar. Petros lançou para Cueva na esquerda, que cruzou na área, porém, Lucas Pratto e Wellington Nem não conseguiram empurrar para o fundo das redes.

O Tricolor voltou a assustar pouco depois. Em jogada ensaiada aos dez minutos, Cueva, em cobrança de falta, acionou Pratto, que devolveu de primeira para Jonatan Gomez dentro da área. O meia argentino bateu firme, mas Jandrei fez boa defesa. No rebote, Rodrigo Caio ainda tentou mandar para o gol, mas o juiz já havia marcado falta no goleiro da Chapecoense.

A primeira grande chance dos donos da casa acnteceu aos 18 minutos. Em cobrança de falta, o venezuelano Seijas, carimbou a trave do goleiro Renan Ribeiro. Já aos 21 minutos foi a vez do São Paulo voltar a dar trabalho a Jandrei. Após disputa de bola na intermediária, a bola sobrou para Pratto na esquerda, que de fora da área bateu colocado, exigindo grande defesa do goleiro da Chape.

Após a primeira metade da etapa inicial, o jogo caiu de nível e ambas as equipes passaram a criar bem menos. Errando alguns passes cruciais no campo de defesa, o São Paulo ainda viu Luiz Antônio, em cobrança de falta, mandar forte no canto direito de Renan Ribeiro aos 39 minutos, forçando o goleiro tricolor a fazer boa defesa, no entanto, o desempenho dos donos da casa não foi suficiente para irem ao intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo foi o São Paulo quem novamente chegou com perigo primeiro. Em jogada de contra-ataque aos seis minutos, Cueva deixa a bola passar, Pratto fica com a sobra e aciona Rodrigo Caio. O zagueiro, pela esquerda, manda na área e devolve para o argentino, que cabeceia em cima de Jandrei.

Se o São Paulo não aproveitou suas oportunidades, a Chapecoense tratou de fazer o oposto aos 18 minutos. Em cobrança de falta de Diego Renan, Túlio de Melo, que tinha acabado de substituir Perrotti, subiu mais alto do que a zaga tricolor para cabecear certeiro e estufar as redes na Arena Condá.

Após o gol, Dorival Jr se viu na obrigação de tornar sua equipe mais ofensiva e optou por sacar Cueva e Petros para a entrada de Denilson e Lucas Fernandes, respectivamente. Ainda assim, tudo o que o Tricolor conseguiu foi sofrer outro gol, já nos acréscimos, aos 47 minutos, em chute de fora da área de Lucas Marques, aproveitando o vacilo na defesa de Junior Tavares.

Superesportes

Comentários...