Geral

Cadastro Escolar para 2019 tem início nesta semana

Enviado por: Redação V9 12/06/2018

O cadastramento escolar para os interessados em uma vaga no ensino fundamental das redes públicas (estadual ou municipal) teve início nesta semana.  O cadastro é gratuito e deve ser feito, exclusivamente, por meio da internet, até o dia 22 de junho. É com base nos dados obtidos que o município consegue dimensionar sua demanda e planejar sua estrutura de atendimento para o próximo ano.

Critérios

Devem se inscrever os alunos que, em 2019, pretendem cursar o 1º ano do ensino fundamental nas redes municipal ou estadual; estudantes de unidades particulares que querem transferência para a rede pública;alunos transferidos de outros estados e pessoas que buscam retomar os estudos por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A coordenadora do setor de inspeção da Secretaria Municipal de Educação (SME), Izilda Pinho Martins Rocha, reforça que não são todos os estudantes matriculados na rede municipal que devem se cadastrar. “Na nossa rede, esse processo é necessário apenas aos alunos que cursam, em 2018, o último ano da Educação Infantil. São as crianças que nasceram até 30 de junho de 2013 e vão ingressas no primeiro ano do Ensino Fundamental na rede pública em 2019”, informou.

Entenda

O cadastro não possui caráter de matrícula. Ele serve para que o estado e o município façam, em agosto, uma análise do panorama de demanda em suas respectivas áreas. Assim, é possível fazer um planejamento mais adequado diante de questões como o fluxo escolar e capacidade física das escolas. Para que o estudante assegure sua vaga, serápreciso realizar a matrícula normalmente, entre 17 e 21 de dezembro.

Como o cadastro é feito, exclusivamente, por meio de um formulário eletrônico, a SME atenderá pais e responsáveis sem acesso à internet. “Eles poderão ir até a escola municipal mais perto de sua casa e dizer que querem fazer o cadastro do seu filho. Eles poderão contar com a ajuda de nossos servidores e utilizar nossa estrutura para realizar o processo”, explicou Izilda.

Prefeitura de Uberlândia

Comentários...