Geral

Escolas Estaduais de Uberlândia aderem à paralisação em protesto contra escalonamento dos salários

Enviado por: Redação V9 12/06/2018

Escola Estadual de Uberlândia (Museu)

Algumas Escolas Estaduais de Uberlândia aderiram à paralisação em protesto ao pagamento dos salários. Os servidores iniciaram o movimento nesta segunda-feira, 11, juntamente com outras cidades do Triângulo Mineiro, como Uberaba, Capinópolis e Ituiutaba.

Segundo a presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação Elaine Ribeiro, a categoria só voltará às atividades após o pagamento da primeira parcela do salário. A previsão inicial é quarta-feira, dia 13. Ribeiro ressalta ainda que o motivo da paralisação é o pagamento escalonado dos salários, o que vem acontecendo desde fevereiro de 2016.

Ela ainda diz que sem salário não é possível trabalhar e que os alunos poderão ter reposição das aulas, não ficando no prejuízo.

Em Uberlândia a adesão foi baixa. São 6 escolas da rede estadual sem aulas hoje. De acordo com o Sind-UTE, pelo menos 55 escolas estaduais da região aderiram ao movimento. No estado são 3.461 unidades no total. Destas, 125 escolas informaram que paralisaram totalmente as atividades.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação disse que foi notificada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais ontem.

Comentários...