Geral

Mulher vive em condições subumanas, na sujeira e matagal, em Uberlândia

Enviado por: Carolina Vilela 18/02/2017

A equipe de reportagem da TV Vitoriosa encontrou no Bairro Shopping Park, zona sul da cidade de Uberlândia, uma mulher de 63 anos vivendo em condições subumanas. Celeuta Batista Alves passa por extrema necessidade, mora com cães e gatos. Segundo moradores próximos, ela se alimenta de ração com os bichos e também come caramujos, além de não ter água tratada.

A entrada do terreno já é de se assustar. Um matagal mais alto que o muro da casa vizinha toma conta de tudo. Em conversa com Celeuta, a senhora disse aos nossos repórteres Lourival Santos e André Silva que foi professora de matemática e que trabalhou concursada para o estado e Prefeitura de Uberlândia. Ela culpa o governo e o sucateamento da educação pela situação deplorável em que vive. Desde o governo de Fernando Henrique Cardoso ela não trabalha mais, ou seja, há pelo menos 14 anos, pois FHC deixou a presidência do país em 2003, quando entrou Lula.

Ela mora  sozinha há aproximadamente 10 anos no meio do mato. Ao redor da casa pegou fogo no último fim de semana. A casa é tão sem estrutura que a idosa faz as necessidades fisiológicas (fezes) em latinhas. Não tem água encanada, vaso sanitário, o telhado e a estrutura são muito precários. Ela pega água com vizinhos e enche um galão que fica aberto, cheio de larvas de mosquito. A casa é cheia de lixo. Nossos repórteres e cinegrafistas tiveram grande dificuldade de gravar a matéria devido ao intenso mau cheiro.

Celeuta precisa de tudo, desde alimentos e roupas até questões de saneamento básico e tratamento de saúde. Os cães que moram com ela estão com sarna e a mulher também apresenta problemas de pele e coceira, o que é possível perceber nos vídeos. Ela, no entanto, nega estar precisando de médico.

Ela diz que é filha única, os pais dela também eram filhos únicos, por isso a família termina nela.

Acompanhe um compilado das matérias:

Comentários...