Geral

Produtores rurais fazem manifestação e reivindicam melhorias na Ceasa

Enviado por: Redação V9 13/03/2018

Insatisfeitos com a forma de tratamento e valores cobrados na Central de Abastecimento (Ceasa), os produtores rurais se mobilizaram nesta segunda-feira, 12, reivindicando melhorias, desde as condições de higiene dos banheiros e bebedouros ao impasse com o banco de caixas .

Segundo os produtores, a gota d’água para a mobilização que pode parar a Ceasa de Uberlândia foi o reajuste do carnê para utilizar cada um dos quadradinhos demarcados no galpão. O valor passou de R$ 108 para R$ 140, por cada uma das vezes que eles são usados. A mudança, ainda segundo os manifestantes, ocorreu sem nenhum aviso prévio aos produtores.

Eles ainda reclamam da segurança no local, onde são furtados constantemente, pois as caixas desaparecem e ninguém dá conta de para onde foram.

O preço do estacionamento para produtores e compradores também foi reajustado. Os comerciantes na pedra querem uma explicação por parte da Ceasa, ou pelo menos a portaria que autoriza os aumentos. Por sinal, uma das informações que os produtores alegam nunca terem acesso.

Luiz Antonio Bernardes, presidente da Assohorta, vê o caso como um abuso. “Eu vejo isso como abusivo em ano de eleição. Simplesmente para arrecadar verba, tirando de uma classe totalmente descapitalizada, mal informada, que só sabe trabalhar e produzir alimento para a sociedade. Então queria que a Ceasa nos desse essa resposta para que não tomássemos providências que não seriam viáveis nem para a Ceasa, nem para o produtor e nem para que o produtor seja lesado. Nós não vamos pagar aquilo não não é direito e nem obrigação nossa.”

Repórter no local: Carlos Vilela

Comentários...