Polícia

Dois cachorros são baleados na zona rural após matarem quatro galinhas

Enviado por: Darah Gomes 08/08/2019

O fazendeiro tinha três cachorros (Imagem: Paulo Henrique Soares/ TV Vitoriosa)

 

O animal foi encontrado morto por um funcionário do fazendeiro (Imagem: Arquivo pessoal)

Dois cachorros foram baleados em uma fazenda na BR-497, zona rural de Uberlândia. O dono dos animais alega que eles foram alvejados por um vizinho após matarem quatro galinhas do suspeito. Um dos cães não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

O dono dos animais, Almerindo Medrado, estava viajando quando recebeu a notícia. Ele foi informado por um funcionário de que os dois cães entraram na fazenda de um vizinho e foram baleados. O trabalhador disse ainda que o suspeito confirmou o crime para ele, além de afirmar que a motivação foi pelos animais terem matado quatro galinhas.

O cão, chamado Rajado, era o mais novo e havia feito um ano recentemente, dia 26 de julho, sendo morto 11 dias depois, nessa terça-feira, 6. Já o outro cachorro, Negão, foi atingido por três tiros, sendo na cabeça, pescoço e pata. O funcionário alegou também que o suspeito afirmou que o segundo animal não morreu porque as balas estavam velhas.

Negão foi atingido por três tiros (Imagem: Paulo Henrique Soares/ TV Vitoriosa)

Almerindo foi informado de que o cachorro havia também avançado no suspeito, mas ele nega essa possibilidade por saber que os cachorros são dóceis. “Eles brincam até com crianças, não lambem e nem mordem elas”, afirma o fazendeiro.

De acordo com o sargento Eduardo, da Polícia Militar de Meio Ambiente, esse crime se enquadra na Lei nº 9.605 de maus-tratos contra animais. Pelo artigo, se houver o ferimento do animal a pena pode ser de três meses a um ano com multa, mas se ele for assassinado a pena é aumentada de um sexto a um terço.

Esse tipo de caso pode ser denunciado para a polícia pelo telefone 181.

Comentários...