Polícia

Dois homens sofrem atentado no Bairro Santa Rosa a menos de 100m de distância; um está grave

Enviado por: Carolina Vilela 08/11/2018

Na noite desta quarta-feira, 7, a Polícia Militar (PM) de Uberlândia registrou duas tentativas de homicídio em menos de 40 minutos e em endereços próximos, no Bairro Santa Rosa.

A primeira foi às 21h40, na Rua Guiomar Lino Moreira. Lúcio Clauberto Cândido, de 44 anos, foi chamado pelo nome na porta de casa. Ao sair foi recebido a tiros. Eram dois os autores e ambos tinham os rostos cobertos por toucas-ninja.

Os disparos acertaram o peito, a clavícula e o abdômen da vítima. Lúcio foi socorrido ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) por vizinhos. Os militares, ao chegarem ao local, encontraram próximo ao portão da garagem uma porção de substancia semelhante a crack.

Não há informações sobre o que teria motivado o crime.

Depois do atentado os bandidos fugiram e, segundo a PM, eles também são os autores da segunda tentativa de homicídio.

A segunda ocorrência foi registrada pela PM 40 minutos mais tarde, às 22h20, na Rua Walteir Pereira Pinto, a menos de 100 metros do primeiro local. Antonio Carlos da Silva, de 21 anos, também foi chamado na porta de casa. Os autores pediram água para beber. Ao sair, a vítima foi atingida por tiros no pescoço e na cabeça. A Polícia Militar (PM) socorreu a vítima ao Pronto-Socorro do Hospital de Clínicas da UFU em estado grave.

O V9 Vitoriosa solicitou ao HC o estado de saúde das vítimas. Lúcio passou por cirurgia e está estável. Antônio Carlos segue grave com risco de morte.

*A matéria foi alterada para correção de informação. A idade de Antonio Carlos não é 44 anos, mas sim 21.

No local, Bruno Rocha

 

Comentários...