Polícia

Em um período de 10 dias, Araguari registra quatro casos de homicídio

Enviado por: Augusto Ikeda 12/08/2017

Em um período de 10 dias, a cidade de Araguari registrou quatro casos de homicídio. A Polícia Militar já totaliza 15 ocorrências deste tipo no município em 2017.

No dia 1º, Francisco Dias Barbosa, de 51 anos, foi preso após matar o sobrinho, de 34, com um golpe de foice na cabeça, no distrito de Ararapira. No dia 3, Jefferson Leandro do Prado Assunção, de 27 anos, foi esfaqueado por uma mulher após uma discussão em um bar.

No dia 9, Damião Joaquim da Silva, mais conhecido como “Digimon”, foi executado enquanto cortava o cabelo, no Bairro Amorim. E no dia 10, Ralf Campos Amorim, de 32 anos, foi assassinado com dois tiros na cabeça, enquanto dormia em sua casa.

Após apurar todos os fatos, a Polícia Militar afirma que não existe nenhuma relação entre esses quatro casos registrados em 10 dias, e que a população do município não precisa se preocupar.

“São casos isolados, a população pode ficar tranquila. O comando da unidade tem feito todos os esforços no sentido de colocar o máximo de policiais militares na rua pra tá prevenindo o crime. A população araguarina pode se sentir tranquila, a Polícia Militar fará o possível para que nossa cidade seja cada vez mais segura”, disse o Tenente Jessé.

Ainda de acordo com o militar, a PM acredita que esses homicídios podem ter relação com o combate ao tráfico de drogas no município, já que dois casos tinham relação com uso e venda de entorpecentes.

“Nós temos vários casos nos quais as vítimas já tiveram passagem por tráfico de drogas, uso de drogas e várias outras passagens na polícia. Tudo leva a crer que esses homicídios, alguns deles, têm envolvimento direto com o tráfico de drogas”, explicou o Tenente.

Informações no local: Carlos Vilela

Comentários...