Política

Cael tomará medidas para avaliar problemas relatados por eleitores nas urnas eletrônicas

Enviado por: Redação V9 10/10/2018

Mensagem falsa de WhatsApp falava em anulação de voto em caso de escolher candidato para apenas um cargo

Após os inúmeros problemas relatados por eleitores nas urnas eletrônicas na votação do último domingo, 7, a Coordenadoria de Apoio Eleitoral (Cael), que faz parte do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) anunciou que tomará medidas para tratar desta questão.

A ação foi proposta após reunião entre o coordenador do Cael, Edson de Resende Castro, com a juíza coordenadora do Gabinete Institucional de Segurança das Eleições, Andrea Miranda. Ficou acordado que o Tribunal Regional Eleitoral solicitará aos chefes de cartório o levantamento, a partir das atas das seções eleitorais, das urnas que apresentaram algum problema, para identificar a dimensão do problema e se houve a contagem regular dos votos para o cargo de presidente.

Existe também a intenção de realizar a substituição das urnas que apresentaram algum problema para o 2º turno das eleições, que acontece em 28 de outubro.

O Ministério Público Eleitoral informou que apesar não haver razão para acreditar em algum tipo de fraude, é importante tomar providências para avaliar o que pode ter acontecido como forma de assegurar a lisura do 2º turno de votação.

 

Comentários...