Política

Filho do presidente da Alerj é preso em Uberlândia em operação da Polícia Federal

Enviado por: Redação V9 14/11/2017

Jorge Picciani e Felipe Picciani – Divulgação/Grupo Monte Verde

Foi preso nesta manhã de terça-feira, 14, em Uberlândia, Felipe Picciani, filho do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani. A prisão por força de mandado judicial faz parte da Operação “Cadeia Velha”, um desdobramento da Operação Lava Jato.

Felipe Picciani é apenas um dos alvos da Operação. Ele foi preso no aeroporto Tenente-Coronel Aviador César Bombonato, em Uberlândia. Jorge Picciani chegou no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, por volta de 8h e foi levado por agentes para prestar depoimento na sede da PF do Rio.

As informações são de que os pedidos de prisão são da segunda instância da Procuradoria da República e há ordem para buscas no gabinete de Jorge Picciani.

O delegado da PF de Uberlândia Carlos Henrique Cotta D’Ângelo, não se posicionou por enquanto sobre o teor das investigações.

Também estão na mira da operação o empresário Jacob Barata Filho, o ‘Rei do Ônibus’, e o ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor), Lélis Teixeira.

Jacob e Lélis foram presos pela Operação Ponto Final em julho. Por ordem do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em agosto, os dois foram colocados em liberdade.

Comentários...