Minas: policial reformado se recusa a usar máscara e saca arma em clínica médica

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Em vídeo gravado por funcionária, PM é visto ameaçando um homem no local. Caso ocorreu em Belo Horizonte (MG)

Um policial militar se recusou a usar máscara em uma clínica médica, em Belo Horizonte (MG), e sacou uma arma durante uma discussão. Uma funcionária do local gravou um vídeo mostrando a ação do homem. O item é fundamental para proteção e contenção do coronavírus.

A confusão aconteceu após a atendente da clínica perguntar a razão do policial não usar a máscara em um ambiente fechado. Ele, incomodado com a pergunta, começou a xingar a mulher diversas vezes, mas, voltou até o próprio carro e pegou o acessório. Ao voltar a clínica, o PM voltou a ofender a moça. Um homem, que aguardava ser atendido, começou a discutir com o policial em defesa da funcionária. 

Nas imagens é possível ver a discussão entre ambos e, durante o desentendimento, o policial se exalta e saca a arma dentro da clínica para ameaçar o rapaz. No vídeo, também se ouve a mulher desesperada dizendo: “Para com isso gente, para”. 

A funcionária, com medo do militar, não prestou boletim de ocorrência. O policial já possui 17 processos no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

SBT PRIMEIRO IMPACTO

LEIA TAMBÉM!