’13 é Galo’: número simbólico é o que falta para Atlético chegar a 100 mil sócios

Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Atlético chegará a 100 mil sócios; número era uma das metas do presidente Daniel Nepomuceno Fonte: Ramon Lisboa/E.M/D.A. Press

O Atlético está muito perto de chegar ao número de 100 mil sócios. Faltam apenas 13 novos associados para que o clube chegue à marca, uma meta traçada pelo presidente Daniel Nepomuceno ao assumir o cargo, no fim de 2014. De acordo com o site Futebol Melhor, que registra a quantidade de associados dos clubes do Brasil, o Galo soma, atualmente, 99.987 participantes do programa Galo na Veia.

“Era uma meta do presidente Daniel Nepomuceno. Ele prometeu isso quando assumiu a presidência do clube. Mas agora as forças estão concentradas para o time classificar para a Libertadores”, disse o diretor de administração e controle do Atlético, Lucas Couto, em entrevista ao Superesportes.

A intenção do clube alvinegro era realizar uma comemoração por alcançar a marca. Além dos 100 mil sócios, o Galo queria festejar os 90 anos da goleada por 9 a 2 sobre o Cruzeiro, em 1927. No entanto, de acordo com Lucas Couto, o clube, por enquanto, só pensa em sua situação no Campeonato Brasileiro e só depois vai planejar algo a respeito do número atingido.

“A ação fica para depois. Estamos pensando apenas nos próximos jogos, que serão muito importantes para o futuro do clube”.

O programa Galo na Veia, atualmente, tem cinco categorias: Preto, que dá entrada garantida a todos os jogos do clube; Prata, que dá direito ao torcedor de comprar ingressos pela internet com desconto; Branco, que dá direito ao torcedor de comprar ingressos pela internet sem desconto; Torcidas, com benefícios para organizadas; e Clubes, que são associados dos clubes Vila Olímpica e Labareda.

Superesportes

LEIA TAMBÉM!