Oswaldo admite não ter assistido a nenhum Atlético x Cruzeiro em 2017 e aposta em continuidade para vencer clássico

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Para vencer o rival Cruzeiro, neste domingo, Oswaldo de Oliveira aposta na manutenção do estilo de jogo Fonte: Bruno Cantini/Atlético-MG

O Atlético possui ligeira vantagem nos confrontos contra o Cruzeiro nesta temporada. São duas vitórias para cada lado e um empate, mas o time alvinegro conquistou o título mineiro sobre o maior rival. Neste domingo, as equipes se enfrentam no Mineirão naquele que será o primeiro clássico de Oswaldo de Oliveira.

Questionado sobre qual seria a postura do Atlético na partida, o experiente treinador garantiu: a importância da partida não fará o time modificar o jeito de jogar. A tendência, portanto, é que a equipe que vem jogando seja mantida. O único desfalque por suspensão é Elias, que deve ser substituído por Roger Bernardo.

“Vai jogar da maneira que vem jogando nos jogos recentes, de postura. Nós não vamos mudar nada. A equipe tem que evoluir. Nós fizemos jogos bons e outros jogos que não foram tão bons. Temos que apostar na sequência, na continuidade para que possamos fazer jogos melhores”, disse em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira na Cidade do Galo.

A ideia do treinador é tentar vencer no Mineirão para fortalecer o Atlético na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2018 e, é claro, afastar a equipe da zona de rebaixamento. Apesar da derrota para o Coritiba no meio de semana, o Cruzeiro vive grande momento na temporada, especialmente após o título da Copa do Brasil.

E, para vencer o rival, Oswaldo de Oliveira aposta na manutenção do estilo de jogo. Para responder sobre a possibilidade de escalar o time com três volantes – estratégia que deu certo na decisão do Campeonato Mineiro -, ele mesmo admitiu não ter assistido a nenhum dos cinco clássicos contra o Cruzeiro nesta temporada.

“Sinceramente, eu não vi nenhum desses jogos. No início do ano, na decisão do Campeonato Mineiro, estava na Arábia. Pude ver poucos jogos. Quando cheguei aqui, com vários jogos antes… Claro que vamos fazer uma projeção, com o destaque que o clássico tem. Só passei a me voltar para esse jogo a partir do término do jogo de quarta-feira. Estou me dedicando, recolhendo dados e preparando a equipe para isso”, disse.

Oswaldo de Oliveira acredita que as equipes que se enfrentaram na decisão do Estadual mudaram bastante. O Atlético, por exemplo, ainda era comandado por Roger Machado.

“Nós temos que admitir que, do início do ano para cá, muita coisa mudou nas duas equipes. Não quer dizer que o que foi preparado naquela época tem que ser repetido agora porque deu certo ou errado. Nós vamos jogar com a nossa realidade aquilo que tivermos de melhor para tentar vencer a partida”, completou.

Atlético e Cruzeiro se enfrentam a partir das 17h deste domingo, no Mineirão. A partida é válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Superesportes

LEIA TAMBÉM!