Mulher mata idoso com 11 facadas e diz tê-lo confundido com assaltante

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Uma mulher de 31 anos e o namorado dela foram presos na noite desta sexta-feira, 29, por volta da 22h, após o assassinato de um idoso de 63 anos no Bairro Custódio Pereira, em Uberlândia. A suspeita tentou fugir após o crime, mas foi contida e, segundo a Polícia Militar (PM) alegou tê-lo confundido com um assaltante que a havia vitimado momentos antes em via pública.

Conforme apurado pelos militares, a vítima Oleir Calmério Freitas, 63, estava debaixo de uma cobertura, tentando se esconder da chuva, quando foi surpreendido por Lucinalda Silva Moreira, 31.

Moradores da Rua Estêvão Monteiro disseram à Polícia que Lucinalda chegou à casa deles pedindo ajuda, pois havia sido roubada. Logo em seguida viu o idoso se abrigando da chuva debaixo de uma cobertura e, pensando que era ele o assaltante, acabou esfaqueando várias vezes a vítima. Segundo a PM foram 11 golpes.

A mulher figou sentido à Alameda João Leão. Os militares localizaram a suspeita nas proximidades do Posto da Matinha, no Bairro Tibery, juntamente com o namorado, Pedro Afonso, que também foi conduzido à delegacia por desrespeitar a ordem de parada da PM.

Oleir ficou caído na via até a chegada da equipe do Corpo de Bombeiros. Ele foi atendido na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Tibery e não resistiu aos ferimentos. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para providências.

O caso será investigado pela Polícia Civil. Este é o homicídio 88 em Uberlândia este ano.

No local, repórter Bruno Rocha

LEIA TAMBÉM!