Esportes

América inicia duelo que pode fazer 8 jogos da Copa do Brasil valerem o mesmo que os 38 da Série B

Enviado por: Redação V9 16/09/2020

O América inicia diante da Ponte Preta, nesta quarta-feira (16), às 19h, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, um confronto de mata-mata que pode fazer com que o clube, em oito partidas pela Copa do Brasil, arrecade praticamente o mesmo que nas 38 rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro.

A Segunda Divisão nacional tem como cota de televisão, para cada participante, R$ 6 milhões, em dez parcelas de R$ 600 mil. Isso originalmente, pois os pagamentos mensais, durante o período em que o futebol ficou parado, foram menores. Além disso, os clubes podem optar por receber um valor fixo de R$ 2 milhões ou uma porcentagem do que for vendido à sua respectiva torcida no sistema de pay-per-view. O Coelho fez opção pela primeira possibilidade.

Assim, a Série B renderá de cotas ao América cerca de R$ 7,5 milhões. Se passar pela Ponte Preta, o clube se aproxima dos R$ 7,3 milhões arrecadados com a Copa do Brasil. A competição paga por cada etapa disputada.

O Coelho já soma R$ 540 mil da primeira fase, mais R$ 650 mil da segunda, R$ 1,5 milhão da terceira e R$ 2 milhões dessa quarta etapa, em que enfrenta a Macaca.

Classificando, o time do técnico Lisca chega às oitavas-de-final, quando os clubes que disputam a Libertadores (Flamengo, Athletico-PR, Santos, Palmeiras, São Paulo, Grêmio, Internacional e Corinthians) entram na competição. Além deles, mais três equipes passam a disputar a Copa do Brasil nesta etapa: Bragantino (campeão da Série B 2019), Fortaleza (campeão da Copa do Nordeste 2019) e Cuiabá (campeão da Copa Verde 2019).

Realidade

Antes de o América encarar a Ferroviária-SP, na partida de volta da terceira fase, em 25 de agosto, o presidente do clube, Marcus Salum, já destacava a importância dessas cotas da Copa do Brasil dentro da nova realidade do futebol brasileiro. Na época, ainda estavam em jogo os R$ 2 milhões que o Coelho recebe por estar na quarta etapa.

“É muito dinheiro. Não quero focar nisso. Não podemos pensar só no dinheiro, mas será fundamental para a parte financeira, pois a capacidade de fazer recursos hoje é menor, e a pandemia aumentou uma crise financeira que já existia no futebol brasileiro”, afirmou o dirigente americano.

A decisão de quem garantirá os R$ 2,6 milhões que serão pagos de cota ao classificado às oitavas-de-final será dia 22 de setembro, terça-feira da semana que vem, às 21h30, quando América e Ponte Preta jogam às 21h30, no Independência.

Série B

América e Ponte Preta têm campanhas idênticas na Série B, com a Macaca sendo líder pelos critérios de desempate. O Coelho é terceiro, e o Paraná, segundo.

Na primeira rodada da competição, os dois clubes se enfrentaram, no Canindé, em São Paulo, pois Campinas ainda não podia receber jogos por causa da pandemia pelo novo coronavírus. Com um gol de pênalti do lateral João Paulo, o América venceu por 1 a 0.

Hoje em Dia

Comentários...