Palmeiras perde para o River Plate, mas se classifica à final da Libertadores

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Em jogo histórico, o Palmeiras perdeu por 2 a 0 para o River Plate e, com muito esforço, conseguiu a classificação heroica para a final da Libertadores da América após ter vencido o primeiro embate por 3 a 0. Os gols da partida foram marcados por Rojas e Borré. Rojas foi expulso no segundo tempo.

Com esse resultado, o Palmeiras agora enfrenta o vencedor entre Santos e Boca Júniors, pela outra semifinal. O confronto de ida foi 0 a 0 na Bombonera.

O JOGO

Precisando buscar o resultado, o River Plate começou comandando as ações da partida. O time argentino tocou bem a bola, buscando construir espaços nas costas dos laterais do Palmeiras, enquanto o alviverde tentava o contra-ataque aproveitando do pivô de Luiz Adriano. Aos 9 minutos, o artilheiro alviverde na Libertadores, Rony, recebeu na cara do goleiro Armani e tentou driblá-lo, mas não obteve sucesso. No contra-ataque, Borré recebeu na entrada da área e finalizou, para boa defesa de Weverton.

Aos 27, Gustavo Scarpa perdeu a bola no campo de defesa para Paulo Díaz, que chutou firme, para outra boa defesa do arqueiro do Verdão, que mandou para escanteio. Na cobrança, Rojas subiu sozinho para abrir o placar para o River Plate. 1 a 0, e os argentinos criavam esperança na partida.

O Palmeiras precisava reagir. Aos 32 minutos, Rony venceu Rojas, tocou para Luiz Adriano que ajeitou para a batida de Zé Rafael, que mandou por cima do travessão. Os Millonários seguiram pressionando. Aos 43, o uruguaio De La Cruz cruzou para a antecipação de Matías Suarez, que deixou para Borré finalizar e marcar o segundo do River Plate e colocar de vez a equipe na partida.

Logo no início do segundo tempo, Borré recebeu bom cruzamento e marcou o terceiro gol argentino. No entanto, o lance foi checado pelo VAR e anulado por impedimento. O jogo seguiu com dominância argentina até os 28 minutos, em que Rojas tomou o segundo amarelo e foi expulso. Logo na sequência, Matías Suárez caiu na área em dividida com Alan Empereur e o juiz de campo assinalou pênalti. O árbitro de vídeo novamente entrou em ação e anulou a penalidade.

Mesmo com um a menos, o River seguiu pressionando e buscando o resultado. Aos 38, Enzo Perez cabeceia para grande defesa de Weverton após cobrança de escanteio. No rebote, Borré, impedido, finaliza na trave. Os Millonários seguiram tentando até o fim, mas sem êxito. Palmeiras classificado graças à vantagem obtida no primeiro jogo.

SBT

LEIA TAMBÉM!