Esportes

Palmeirenses agridem e expulsam da arena supostos torcedores infiltrados

Enviado por: Redação V9 05/12/2019

Supostos torcedores flamenguistas foram expulsos do estádio por torcedores palmeirenses durante a partida entre Palmeiras e Flamengo, no domingo (1). O jogo, disputado pela 36° rodada do Campeonato Brasileiro, terminou em 3 a 1 para o time carioca, que já havia garantido o título na rodada anterior.

Segundo informações, torcedores teriam percebido uma falta de envolvimento de Diego Lima (34) e Ronaldo Souza (35) com o jogo. Os dois não teriam cantado o hino do time e também não vestiam a camiseta oficial do clube alviverde. Para palmeirenses presentes, a dupla se tratava de dois torcedores flamenguistas infiltrados no Allianz Parque que, por pedido do Ministério Público de São Paulo à CBF, teve torcida única a fim de evitar conflitos.

Os dois homens também foram agredidos por cerca de 30 torcedores ao deixarem o estádio e precisaram de escolta da Polícia Militar.

Em nota, a direção da Sociedade Esportiva Palmeiras afirmou não compactuar com esse tipo de comportamento dos torcedores. De acordo com o clube, o torcedores envolvidos serão identificados e poderão ser expulsos do clube caso sejam sócios.

Diego Lima, que é ex-jogador de futebol e atualmente trabalha como professor de futebol na escolinha Botafogo Guaianases, na zona leste também integra o projeto social “Cambalhota do bem”, que ajuda crianças com deficiência.

Diego e Ronaldo não foram as únicas pessoas a sofrerem represálias de supostos torcedores. Um homem que decidiu protestar contra a atuação do Palmeiras lendo um livro sobre Karl Marx durante a partida também precisou se retirar com ajuda de seguranças para não sofrer agressões.

SBT

Comentários...