Geral

Crianças são únicas sobreviventes de tragédia na MGC-497 e seguem internadas

Enviado por: Carolina Vilela 14/09/2018

Tragédia deixou cinco mortos e dua crianças sobreviveram – Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação

Duas crianças, de 4 e 7 anos, únicas sobreviventes de um grave acidente na MGC-497, em Prata, no Triângulo Mineiro, entre uma van escolar e um caminhão carregado de gesso, seguem internadas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, Hugo Henrique Silva Freitas, 4, e Augusto Freitas de Souza, 7, estão estáveis, sem risco de morte.

A tragédia comoveu toda a região e o Brasil. Cinco pessoas morreram. São elas:

-> O motorista do caminhão: Donizetti Pacífico, de 57 anos
-> O motorista da van: Paulo Eduardo Pinheiro Assunção, de 49 anos
-> Os passageiros da van: -Amanda Garcia de Freitas, 14 anos
-Iago Silva Freitas, 7 anos e
-Wesley Lucas Vicente da Silva, 14 anos

O condutor do caminhão morreu no local, preso às ferragens. Dos seis ocupantes da van, o condutor também ficou preso às ferragens e morreu. A adolescente de 14 anos já foi encontrada sem vida fora do veículo. Os demais chegaram a ser socorridos com vida até o hospital de Campina Verde. Iago e Wesley estavam em estado muito grave e não resistiram. Augusto e Hugo foram transferidos para Uberlândia.

Após os trabalhos de perícia, com a ajuda de trator com uma pá carregadeira foi realizado o desencarceramento das vítimas em óbito e presas às ferragens. Os corpos foram entregues a funerárias para condução até o Instituto Médico Legal (IML) local.

Em seguida foi realizado a limpeza da pista com o apoio do trator no local. O caminhão tinha placas de Votuporanga/SP e a van escolar placas de Prata/MG.

A van era terceirizada e prestava serviços para o município. Ela pegava os estudantes na zona rural com destino ao Distrito de Monjolinho.

De acordo com informações no local, o condutor da van teria entrado na rodovia por um acesso de estrada de terra, sem observar o trânsito.

O prefeito Anuar Arantes Amuí decretou luto de três dias da cidade.

Grave acidente entre van escolar e caminhão deixa mortos e feridos na MGC-497

Comentários...