Geral

Idosa com Alzheimer fica desaparecida 5 dias e é achada morta na mata, em Araxá

Enviado por: Carolina Vilela 13/07/2020

Uma idosa, de 77 anos, ficou cinco dias desaparecida na mata, na zona rural de Araxá e foi encontrada morta neste domingo, 12 de julho. Jandira Maria Júlio tinha Mal de Alzheimer e saiu de casa na terça-feira, da semana passada com um cãozinho da família.

A família procurou incansavelmente, chegou a pedir ajuda nas redes sociais, e o Corpo de Bombeiros empenhou vários militares e até o cão farejador. De início as suspeitas indicavam que ela estava na cidade… e não havia suspeitas de ela ter ido pra zona rural. A família continuou percorrendo hospitais.

No sábado, 11, um ciclista que fazia trilha numa estrada rural viu a idosa, mas não tinha conhecimento do desaparecimento. Ao chegar na cidade tomou ciência e informou a localização da idosa, mas ao retornar não mais a viu. O cachorro voltou sozinho para casa no sábado.

As buscas seguiram pela mata e o corpo foi encontrado ontem, a 3 km da casa da vítima, que é no Bairro Santo Antônio, e não tinha sinais de violência.

Ocorrências de idosos perdidos em matas, geralmente estão associadas a alguma doença como o Mal de Alzheimer, diabetes, o que deixa a vítima em risco em risco de morte em poucas horas, porque podem ocorrer quedas, hipoglicemia, picadas de animais peçonhentos, insolação, desidratação, etc.

O recomendado é fazer o acionamento do Corpo de bombeiros militar o mais breve possível, pelo número 193.

Comentários...