Geral

Municípios do Triângulo aderem à greve parcial dos Correios

Enviado por: Carolina Vilela 11/09/2019

(Imagem: Elza Fiúza/Arquivo Agência Brasil)

Os Correios anunciaram nesta manhã uma paralisação parcial dos serviços em todo o território nacional. No Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba houve adesão nos municípios Uberlândia, Uberaba, Ituiutaba, Frutal, Araxá, Araguari, Patos de Minas e Patrocínio.

Segundo a estatal, a situação financeira registra prejuízo acumulado de R$ 3 bilhões e a categoria quer impedir a redução dos salários e de benefícios, e é contra a privatização dos Correios. De todos os funcionários paralisados os carteiros são a maioria.

A greve é por tempo indeterminado. Ainda não há um número exato de trabalhadores que aderiram ao movimento, mas em sua maioria são carteiros. A quantidade de serviços não foi comprometida, eles apenas não fluirão normalmente.

O reajuste salarial de 0,8% é um dos principais pontos reclamados pela categoria. Os trabalhadores também solicitam reconsideração quanto à retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios.

Nota oficial

“Esclarecemos que os Correios participaram de dez encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores, quando foi apresentada a real situação econômica da estatal e propostas para o acordo dentro das condições possíveis, considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões. Mas as federações, no entanto, expuseram propostas que superam até mesmo o faturamento anual da empresa, algo insustentável para o projeto de reequilíbrio financeiro em curso na empresa.

No momento, o principal compromisso da direção dos Correios é conferir à sociedade uma empresa sustentável. Por isso, a estatal conta com os empregados no trabalho de recuperação financeira da empresa e no atendimento à população”.

Comentários...