Polícia

Adolescente confessa ter forçado parto e matado bebê, em Patos de Minas

Enviado por: Redação V9 15/04/2019

Delegado Érico Rodovalho, responsável pelo caso

A Polícia Civil de Minas Gerais investiga o caso de uma adolescente de 15 anos, que fez o próprio parto no banheiro e depois asfixiou o bebê até a morte em Patos de Minas. Neste fim de semana, o namorado da menor confessou ter ajudado a menor a ocultar o corpo do bebê. As apurações continuam para saber se a garota deu à luz realmente sozinha. O jovem, apontado como pai da criança, alegou que não sabia da gravidez e não sabe o que levou a namorada a matar a criança.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Érico Rodovalho, 20 pessoas já foram ouvidas, inclusive médicos. Em depoimento, a adolescente contou que começou a sentir as dores do parto e forçou o nascimento da criança. Em seguida, com um pano, asfixiou o bebê até a morte.

Ainda segundo a suspeita, ela procurou o namorado, de 18 anos, para ajudá-la a ocultar o corpo do recém-nascido. O garotinho foi encontrado a cerca de 7 quilômetros do Distrito de Alagoas. A versão foi confirmada pelo namorado, que disse que assumiria o filho. Ele alegou ter se relacionado uma única vez com a menor e depois foi “bloqueado” nas redes sociais. De acordo com a PC, também existe a possibilidade de o bebê ser de outro jovem.

A adolescente pode responder por aborto, infanticídio ou até mesmo homicídio. Novos exames vão apontar por exemplo se ela usou algum medicamento para acelerar o parto. A garota e o namorado vão responder por ocultação de cadáver.

A PC solicitará exame de DNA dos dois jovens para identificar a paternidade.

Comentários...