Polícia

Após estuprar e esfaquear ex-companheira, suspeito se finge de enfermeiro para matar a vítima em hospital de Frutal

Enviado por: Redação V9 04/04/2020

O suspeito foi preso (Imagem: Reprodução)

Uma mulher, de 32 anos, foi parar no hospital após ser violentada e esfaqueada pelo ex-companheiro, de 37. Na noite da última quinta-feira, 2, o suspeito se fingiu de enfermeiro para entrar no quarto da vítima e tentar matá-la. Ele foi encontrado e preso.

De acordo com a apuração da Polícia Militar (PM), o caso começou após o casal terminar e o homem não aceitar o fim do relacionamento. Ele encontrou a vítima e a levou para uma região isolada, onde a estupro, agrediu e a esfaqueou três vezes. Durante o crime, o pai da mulher teria ligado para o ex-genro o convencendo a levar a garota de volta para cidade. A vítima foi amarrada nua e colocada no carro. Chegando na zona urbana, o pai da mulher estava esperando eles e pulou na frente do carro para fazer com que o suspeito parasse o veículo. A mulher foi tirada do automóvel e levada para um hospital, enquanto o homem fugiu com um comparsa.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, mas o suspeito não foi encontrado até a noite de quinta-feira, 2. A moça ficou internada no hospital e o suspeito furtou um jaleco de enfermeiro para entrar no hospital para matar a ex-companheira. O crime não foi completado porque uma testemunha percebeu a presença do homem e acionou uma guarnição, que chegou rapidamente e o prendeu.

O caso será investigado pela Polícia Civil (PC).

Comentários...