Polícia

Caso Cairo – Empresário que teve pai assassinado é preso em desdobramento da Operação Dominó

Enviado por: Redação V9 15/02/2019

A Polícia Militar, em cumprimento a um mandado judicial prendeu um empresário de Uberlândia na noite desta quinta-feira, 14. A prisão é mais um desdobramento da Operação Dominó, desencadeada pelo Grupo de Ações Especiais Contra o Crime Organizado – Gaeco.

Cairo Mendes Borges Júnior foi preso no Condomínio onde mora, e foram apreendidos no momento um revólver calibre 38, munições e dinheiro. O empresário estava acompanhado do advogado João Antônio, que disse que vai se pronunciar mais tarde sobre o caso. Mas adiantou que ainda não sabe o motivo da prisão.

Depois da condução do suspeito, a polícia foi até o escritório do detido, no Bairro Jardim Karaíba, local em que vários documentos foram apreendidos juntamente com computadores e encaminhados ao 17º batalhão. Posteriormente este material será encaminhado ao Ministério Público (MP), para ser analisado pelos promotores.

As buscas no escritório aconteceriam na manhã desta sexta-feira, 15, mas com a liberação do suspeito e dos advogados acompanhando, foi possível fazer a apreensão durante a madrugada.

Cairo Júnior é filho do empresário Cairo Luiz Mendes Borges, que foi assassinado no dia 6 de outubro de 2017, crime este ainda em investigação. Ele foi baleado enquanto dirigia, na Rua Tabajaras, Bairro Vigilato Pereira.

A Operação Dominó teve início em março de 2018 para desmantelar uma organização criminosa que praticava roubos de cargas e receptação de veículos na região de Uberlândia. As investigações apontaram para outras sete organizações criminosas e a prática de 50 crimes diferentes. É dentro desta operação que Cairo Mendes Borges Júnior teve o mandado de prisão expedido pela justiça.

O caso está sendo investigado pela polícia , que já ouviu várias pessoas com influência nos meios político e empresarial da cidade.

 

 

 

 

 

Relembre os casos anteriores

Empresário do ramo financeiro é baleado enquanto dirigia e morre no HC-UFU

Polícia Civil continua investigando caso de empresário morto no Vigilato Pereira

Imagens mostram que assassinato de empresário pode ter sido premeditado

Comentários...