Polícia

Com 2 homicídios em junho e 18 no ano, Uberlândia registra queda de 47% no crime

Enviado por: Carolina Vilela 30/06/2020

No mês de junho de 2020 Uberlândia registrou duas mortes violentas. É menos da metade de junho do ano passado, que teve cinco assassinatos. No acumulado deste ano a cidade registra queda de 47% nos homicídios. Até o dia 29 de junho, a cidade registrou 18 crimes desta natureza, enquanto 2019 teve 30 no mesmo período.

Com relação às ocorrências do mês de junho, a primeira delas foi no dia 25, no Bairro Brasil. A vítima é um jovem tatuador natural da cidade de Patrocínio. Marco Túlio Fernandes Silva, de 26 anos, foi morto com cinco tiros em uma residência na Rua Osório José da Cunha. A polícia ainda investiga este caso. Segundo o morador da casa, a vítima foi contratada para fazer uma tatuagem em um amigo e acabou morto por dois homens que invadiram o local. Mas foram identificadas contradições no depoimento, entre elas, que o tatuador morava na casa há um mês. Quatro pessoas foram conduzidas.

O segundo assassinato do mês vitimou Marcelo Silva, de 34 anos, conhecido no meio policial como “capetinha”.  Ele tinha várias passagens pelo sistema e foi executado a tiros de pistola calibre .365, na Rua Guiomar Lino Moreira, entre os Bairros Santa Rosa e Esperança. Dez perfurações foram identificadas no corpo.

O número de mortos é menor que o registrado no mesmo período do ano passado.em  junho de 2019 foram cinco assassinatos.

Em um comparativo mês a mês a polícia civil contabilizou os seguintes números até agora.

Em janeiro foram 8 homicídios em 2019 contra 3 em 2020

Em fevereiro houve seis mortes em ambos os anos. Sem variações assim como março que teve três assassinatos em 2019 e 3 em 2020. Em abril foram duas em 2019 e 3 este ano. Maio de 2019 teve seis mortes e nenhuma agora. Já o mês de junho foram cinco contra duas.

Até agora a polícia já conseguiu apurar 12 homicídios, ou seja, 66,6%.

Comentários...