Polícia

Dupla é presa vendendo perfumes falsificados próximo ao Terminal Central, em Uberlândia

Enviado por: Carolina Vilela 12/06/2018

Paulo Henrique e Jorge Lucas disseram que “é melhor trabalhar honestamente do que meter arma na cara das pessoas”

Dois homens foram presos na tarde desta segunda-feira, 11 de junho, após denúncia de um casal que alegava ter sido vítima de estelionato, no Centro de Uberlândia. Os dois rapazes, Jorge Lucas Andrade da Silva e Paulo Henrique Lisboa da Silva, ambos de 19 anos, vieram da cidade de Feira de Santana, na Bahia, para vender perfumes em Uberlândia, próximo ao Terminal Central. Segundo a Polícia Militar, os produtos eram falsificados.

Com a dupla foram apreendidos mais de 60 frascos de perfumes falsos. Eles eram usados como isca pela dupla. Jorge Lucas e Paulo Henrique ofereciam os produtos apenas em troca de um valor para comprarem comida.

De acordo com o militar responsável pela ocorrência, eles ofereciam às vítimas a “gentileza” de trocar o dinheiro (notas grandes) para elas, mas devolviam uma quantia menor.

Nesta segunda, um casal fez a denúncia. Um dos jovens percebeu que havia na carteira da vítima um nota de R$ 100 e se ofereceu para trocar o dinheiro em notas menores, mas devolveu bem menos ao casal.

Apesar de presos em flagrante, eles afirmam ser trabalhadores. Paulo Henrique disse à reportagem que “é melhor do que roubar o que é dos outros, meter arma na cara, tomar ‘na tora’. Pelo menos nós estamos trabalhando honesto. Todos os dias ‘tá’ na rua”, afirma.

Eles foram presos por estelionato. A polícia alerta que é preciso ter atenção para não cair em nenhum tipo de golpe.

Comentários...