Polícia

Eleitores alegam problemas no voto para presidente

Enviado por: Redação V9 07/10/2018

Em diversas partes do Brasil estão surgindo denúncias de eleitores que não conseguem confirmar o voto para presidente. Em todos os demais cargos, deputado federal e estadual, senadores e governador aparece normalmente a opção de confirmar. Mas ao digitar o número do presidente, a urna finaliza o voto. Os eleitores acreditam que trata-se de uma fraude. As reclamações ocorrem entre eleitores do candidato Bolsonaro (PSL).

Outro problema relatado e que já está circulando desde o fim da manhã nas redes sociais, denuncia o aparecimento do candidato Fernando Haddad (PT) antes mesmo de se terminar de digitar o número desejado. O vídeo mostra a eleitora teclando 1 e imediatamente aparecendo a foto do candidato petista e a vice Manuela.

Em Uberlândia há casos de pessoas que registraram em Ata nos locais de votação não terem conseguido finalizar o voto, porque não aparece a foto do candidato Bolsonaro e eles acreditam ser fraude. O Portal V9 está em contato com algumas destas pessoas que se sentiram lesadas e em breve teremos mais informações. A Polícia Militar (PM) foi acionada em algumas ocorrências.

Telma é pastora evangélica e denunciou no facebook

 

O TSE já se pronunciou e afirmou que trata-se de boatos. A Justiça Eleitoral informa que a mensagem que circula em redes sociais e aplicativos de bate-papo sobre a ausência de processamento de todos os votos na urna eletrônica é falsa. Ainda sobre o vídeo que, supostamente, “auto completa” o voto para presidente, a justiça declara que também é falso.

De acordo com o TSE, “os vídeos não mostram o teclado da urna, onde uma pessoa digita o restante do voto. Não existe a possibilidade de a urna auto completar o voto do eleitor, e isso pode ser comprovado pela auditoria de votação paralela, nos mesmos vídeos abaixo.”

Diz ainda que “são utilizados diferentes modelos de urnas eletrônicas nas seções eleitorais em Minas Gerais, e a velocidade de processamento e posterior encerramento dos votos, após o eleitor apertar a tecla confirma, é diferente de acordo com o modelo da urna eletrônica. A urna mais atual – modelo 2015 – processa os votos mais rapidamente que a urna mais antiga – por exemplo, modelo 2008. Para comprovar, foram feitas filmagens na auditoria de votação paralela em duas urnas, uma modelo 2015 e outra modelo 2008, para que o eleitor entenda como se dá o encerramento da votação e tenha a segurança de que todos os seus votos são devidamente registrados pela urna eletrônica.”

Veja abaixo

 

Saiba Mais

Em vídeo, TRE-MG diz que gravação que mostra urna preenchendo candidato automaticamente é falsa

Comentários...