Polícia

Familiares reconhecem corpo de DJ brutalmente assassinado no Bairro Monte Hebron

Enviado por: Carolina Vilela 13/05/2019

Foi identificado no Instituto Médico Legal (IML) de Uberlândia o corpo do homem encontrado morto na manhã do último sábado, 11 de maio, em um terreno na Rua Eurípedes Carlos Dias, Bairro Monte Hebron. Trata-se de Leonar Rodrigues da Silva.

A vítima tinha 50 anos, era professor de inglês e formado em Letras. Leonar trabalhava há 5 anos em uma empresa de alimentos e também fez participações como DJ em programas na Rádio Universitária.

A perícia da Polícia Civil (PC) constatou que Leonar foi brutalmente agredido e vítima de latrocínio, que é roubo seguido de morte. Ele teve a cabeça batida contra o solo várias vezes e foi asfixiado. O rosto ficou desfigurado. A Polícia Militar (PM) informou que os bolsos da bermuda da vítima estavam revirados e a carteira com documentos e possivelmente dinheiro e celular, foram levados.

Na manhã desta segunda-feira, 13, o corpo ainda não havia sido liberado do IML para velório. Os familiares estão arrasados. Um primo da vítima disse ao Portal V9 que Leonar era trabalhador e não tinha qualquer envolvimento com a criminalidade.

A PM pede que, qualquer informação sobre possíveis assassinos ou imagens de segurança sejam repassadas de forma anônima para ajudar a elucidar o crime.

Corpo é achado seminu e com diversas marcas de violência, no Monte Hebron

Vítima de homicídio no Monte Hebron ainda não foi identificada, diz PM

Comentários...