Polícia

Gaeco deflagra 3ª fase da Operação Poseidon e empreiteiro e ex-diretores do DMAE são presos

Enviado por: Redação V9 24/05/2018

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual, deflagrou a terceira fase da Operação Poseidon na manhã desta quinta-feira, 24, em Uberlândia e Araguari. Foram cumpridos 9 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão.

A terceira fase da Operação Poseidon o Gaeco investiga irregularidades em outros dois contratos firmados pelo DMAE com uma empreiteira, que não teve seu nome divulgado.

O ex-diretor técnico do DMAE, Carlos Henrique Lamounier Borges, diretores da empresa Araguaia Engenharia, Daniel Vasconcelos Teodoro, o engenheiro João Paulo Voss, envolvidos nas fases anteriores da operação e que respondiam ao processo em liberdade, foram presos novamente.

Também foram presos o empreiteiro Lúcio Roberto Alamy e seus dois filhos, Lúcio Roberto Naves Alamy e João Vitor Naves Alamy, e o ex-funcionário da Araguaia Engenharia, Giane Luiz Ribeiro.

O ex-diretor-geral adjunto do DMAE e ex-vereador da cidade, David Thomaz Neto, também teve sua prisão decretada e não chegou a ser encontrado, mas acabou sendo preso em Belo Horizonte no final da manhã desta quinta-feira.

Diretor do DMAE também é preso

No início da noite desta quinta-feira, o atual diretor do DMAE, Cláudio Paes de Almeida, também foi preso. Almeida é acusado de ter recebido um carro como propina.

Texto atualizado às 19:45 para correção de informações, e às 20:35 para atualização de informações.

Saiba Mais

GAECO deflagra Operação Poseidon, que investiga irregularidades entre DMAE e empresa de engenharia

Dois diretores do DMAE são presos na 2ª fase da Operação Poseidon

Demais presos da Operação Poseidon ganham liberdade graças a habeas corpus expedido pelo TJMG

Informações: Camila Rabelo

Comentários...