Polícia

Homem é encontrado morto com sinais de violência no Bairro Morada Nova

Enviado por: Carolina Vilela 17/07/2017

O homicídio de número 65 deste ano de 2017 em Uberlândia foi registrado na tarde deste domingo, 16, no Bairro Morada Nova. A Polícia Militar (PM) realizava patrulhamento quando foi acionada por alguém que localizou o corpo de um homem com sinais de violência em um terreno baldio na Avenida Aldo Borges Leão, esquina com a Rua Manoelita da Silva Mendes.

A vítima apresentava perfurações pelo corpo e estava apenas de cueca. A aproximadamente dez metros do corpo estava uma blusa azul e branca, suja de sangue e com marcas de perfurações, e um celular. A bermuda de cor vinho da vítima estava a aproximadamente 2 metros do corpo, também com marcas de sangue. Uma carteira com os documentos permitiu a identificação da vítima, Bruno Silva Oliveira Leal, de 27 anos.

A perícia identificou seis perfurações de objeto perfuro cortante

De acordo com informações da Polícia, um amigo de Bruno informou que ele estava desaparecido desde a manhã do mesmo dia. Francesco estava procurando por Bruno há horas, desde que encontrou o veículo do amigo, um Voyage prata, próximo ao local, na mesma Avenida Aldo Borges Leão, com um dos vidros quebrados.

Ainda não há informações sobre motivação ou autoria do crime.

Testemunhas

Em contato com outras testemunhas, a polícia descobriu que Bruno foi agredido durante a madrugada em um bar na Avenida Aldo Borges Leão. Os autores seriam três homens, que praticaram o crime usando capacetes. A informação é que os agressores portavam uma faca e uma arma de fogo, porém não havia perfurações de tiro.

Ainda durante a ocorrência, o proprietário do bar disse que a vítima estava sentada na mesa na calçada bebendo cerveja. Por volta das 03h40, três indivíduos chegaram em duas motocicletas. Um deles estava de posse de uma faca e outro estava com uma arma de fogo. Foram em direção a vítima e começaram a agredi-la, utilizando um capacete e cadeiras.

Bruno saiu correndo e os autores o seguiram. Mas antes disso ameaçaram os demais clientes para não acionarem a polícia. O autor armado com uma faca, foi correndo atrás da vítima, e os outros dois saíram conduzindo as motocicletas.

Eles não foram identificados pelos presentes no bar. O carro da vítima estava estacionado próximo ao estabelecimento comercial. Por volta de 10h, o amigo de bruno notou que o vidro da porta dianteira direita estava quebrado. O Voyage foi periciado e vistoriado no local pela equipe de homicídios da Polícia Civil, e entregue a um parente da vítima.

O corpo da vítima foi removido ao IML.

Comentários...