Polícia

Homem mata namorada por achar que ela o contaminou com coronavírus

Enviado por: Redação V9 02/04/2020

Exames de Lorena Quaranta e do namorado deram negativo – Crédito: Reprodução/Facebook

Na Itália, a morte de uma médica de 27 anos mobilizou a região da Sicília. Lorena Quaranta foi assassinada pelo próprio namorado após mais um dia de trabalho no Hospital Massina, referência no combate a Covid-19, em Furci Siculo.

“Eu matei ela porque ela me passou coronavírus”, confessou o enfermeiro, assim que as autoridades chegaram ao apartamento onde ele vivia com a vítima. O rapaz ainda tentou se matar cortando os pulsos, mas foi socorrido a tempo.

Minutos antes de ser estrangulada pelo companheiro, Lorena publicou um texto em suas redes sociais homenageando os colegas de profissão que perderam a vida em virtude da pandemia.”Agora, mais do que nunca, precisamos demonstrar responsabilidade e amor pela vida. Vocês devem demonstrar respeito por si mesmos, suas famílias e o país. Vamos ficar todos em casa. Vamos evitar que o próximo adoecer seja um ente querido ou nós mesmos”, pediu.

Os exames do casal deram negativo para a presença do novo coronavírus.

SBT

Comentários...