Polícia

Mãe e filho são mortos durante briga com pai e filho de outra família em Uberaba

Enviado por: Redação V9 23/09/2020

(Imagem: Polícia Militar/Divulgação)

Na noite desta terça-feira, 22, uma mãe e o filho, identificados como Keila Adriana Manzan da Silva e Rafael Angelo Manzan Campos, de 45 e 28 anos,  foram encontrados mortos na Avenida Doutor Hélio Luiz da Costa, no Bairro Frei Eugênio, em Uberaba. Os principais suspeitos do crime são dois homens, pai e filho, de 41 e 67. Ambos estão foragidos.

A Polícia Militar (PM) recebeu uma ligação anônima informando que três pessoas entraram em luta corporal nas imediações de um bar e uma pessoa estava caída no chão. Chegando no local, militares encontraram um homem e uma mulher caídos no chão sem sinais vitais próximo a duas motocicletas Honda/CG160, sendo que as vítimas foram identificadas como mãe e filho. A equipe da Unidade de Saúde Avançada (USA) foi acionada e constatou os óbitos. No corpo da mulher, o médico constatou duas perfurações na parte superior do tórax e uma na parte lateral esquerda. Já o homem apresentava lesões provocadas por arma branca no pescoço, onde os ferimentos tinham entre cinco a três centímetros. A perícia da Polícia Civil (PC) confirmou os ferimentos que o médico encontrou, acrescentando que no corpo do homem havia também três lesões no tórax.

Um morador da região, que preferiu não se identificar, cedeu as imagens da câmera de segurança da casa onde mora para polícia. A filmagem mostra duas caminhonetes parando nas imediações do local em que os corpos foram encontrados. Dois motoristas são vistos saindo e indo ao ponto exato que Rafael foi deixado. Nesse momento, já é possível ver quatro pessoas em luta corporal. Em seguida, também é visto uma moto indo em direção aos suspeitos e parando. Um dos suspeitos vai em direção ao motociclista e derruba ele, desferindo socos na vítima enquanto ela já estava no chão. Um morador é visto saindo de uma garagem e retirando a motocicleta, que estava estacionada perto de uma das vítima no chão. Logo depois disso, uma das caminhonetes foge sentido ao Bairro Parque das Acácias. Policiais entraram em contato com o homem que é visto nas imagens na porta da garagem, observando a ação criminosa. Ele afirmou que é realmente ele no vídeo e disse que já tinha visto os suspeitos naquela rua anteriormente, inclusive as caminhonetes.

As motocicletas foram apreendidas e removidas para o pátio credenciado na MG-427. Durante a retirada dos veículos, um homem, que não quis se identificar, afirmou ter visto as duas caminhonetes. Ele contou que elas são propriedades de dois homens, que são pai e filho, que residem naquela mesma rua.

Militares foram até a casa dos suspeitos e conversaram com as respectivas companheiras de cada um. Elas confirmaram que eles moram nos imóveis e são proprietários dos veículos. Ao serem questionadas sobre o paradeiro da dupla, nenhuma das mulheres soube responder.

Os corpos foram removidos do local pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O caso está sendo investigado.

Comentários...