Polícia

Médico responsável por partos em que cabeças de bebês foram arrancadas em Araguari é afastado do SUS

Enviado por: Redação V9 09/01/2019

Santa Casa de Araguari

O médico Fernando Borges Santos, suspeito de arrancar a cabeça de dois bebês durante o parto na Santa Casa de Misericórdia de Araguari, foi afastado de suas funções no SUS, até ser julgado, após uma liminar expedida pela justiça.

O profissional havia sido denunciado anteriormente pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). O promotor Fernando Zorzi ajuizou três ações junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) contra o profissional: duas são homicídio culposo (quando não há intenção de matar), uma para cada caso.

A outra ação é de improbidade administrativa, “em razão da clara ineficiência demonstrada pelo profissional nos atendimentos, bem como em razão das condutas praticadas terem claramente denegrido as imagens dos usuários e do Sistema Único de Saúde”, segundo Zorzi.

A produção da TV Vitoriosa entrou em contato com Fernando Borges Santos e seu advogado, mas nenhuma das duas partes quis comentar o caso. A emissora também tentou um posicionamento junto a Santa Casa de Misericórdia de Araguari, mas não tivemos retorno.

Saiba Mais

Bebê tem a cabeça arrancada durante o parto em Araguari, diz a parturiente

Bebê tem a cabeça arrancada no parto e é o segundo caso na Santa Casa de Araguari

Autoridades já apuram os casos de bebês que tiveram as cabeças separadas do corpo durante o parto na Santa Casa de Araguari

Médico responsável por partos que arrancaram cabeça de 2 bebês em Araguari é denunciado

Comentários...