Polícia

Operação Romaria tem 728 autuações gerais e mais 980 multas por excesso de velocidade em Uberlândia

Enviado por: Carolina Vilela 17/08/2019

Somente no trecho da BR-365 compreendido entre Uberlândia e Romaria, num total de aproximadamente 100 km, a Operação Romaria 2019 registrou números expressivos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 980 autuações por excesso de velocidade e outras 728 em outras irregularidades, como falta de cinto de segurança ou documento pessoal ou do veículo, por exemplo.

Os registros de flagrantes por excesso de velocidade foram feitos pelos radares móveis instalados na rodovia. Neste trecho Uberlândia-Romaria, apenas um acidente foi registrado e não houve mortes.

A Operação “Romaria” começou no dia 1º e terminou em 15 de agosto. Foram 257 testes com o etilômetro e apenas três autuações por embriaguez, porém para os condutores se recusaram a realizar o procedimento.

Houve 339 autuações por ultrapassagens em locais proibidos e 21 pelo não uso do cinto de segurança. Ao todo, 460 veículos e 466 pessoas foram fiscalizados, gerando um total de 728 autuações.

Em outros pontos do Triângulo Mineiro houve acidentes com mortes.

– Um advogado, de 32 anos, morreu no, dia 11 de agosto, no km 45 da MG-190. Frank de Oliveira Braz descansava com amigos peregrinos à margem da rodovia quando foi atingido por uma carreta.

– 29 de julho – Um andarilho, ainda não identificado, morreu atropelado também na MG-190, entre Monte Carmelo e Romaria. Conforme informações à Polícia, o homem andava na pista de rolamento com um cobertor na cabeça, foi atropelado por uma caminhonete e morreu no local. O motorista parou o veículo com a frente completamente avariada no acostamento e aguardou a chegada dos policiais. De acordo com a PMR, provavelmente trata-se de um andarilho, já que o homem não portava documentos. Ele tinha barba e bigode por fazer, era magro, pés descalços, cicatriz cirúrgica no abdômen, desprovido de tatuagem e trajava uma calça jeans de cor azul e uma camiseta também de cor azul.

– 4 de agosto – No último domingo, uma ultrapassagem malsucedida de um veículo Pálio a um caminhão deixou três mortos e cinco feridos na BR-365, em Patrocínio. Um grupo de 12 ciclistas estava na pista e seis deles foram atingidos pelo carro. O motorista do carro Fabrício Geraldo Gonçalves Alves, de 28 anos, e o ciclista pastor Rubens Eustáquio Lucas, de 44 anos, morreram no local. A passageira do veículo Maria Aparecida Ferreira de Souza, de 55 anos, morreu no hospital em decorrência dos ferimentos. Os ocupantes do carro voltavam de Romaria para Patos de Minas. O condutor tinha ido buscar quatro romeiros que fizeram a caminhada da fé. Os ciclistas faziam o esporte como de costume.

(Imagem: CBMG/Divulgação)

– 10 de agosto – Neste sábado, cinco pessoas ficaram feridas em um acidente entre dois carros de passeio na BR -365, em Monte Carmelo. Um Cross Fox de Patrocínio e um Fiesta de Uberlândia colidiram lateralmente no km 514. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os cinco feridos estavam no carro de Uberlândia e sofreram lesões graves. Eles foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Pronto Socorro (PS) de Monte Carmelo. Os quatro ocupantes do Cross Fox não tiveram ferimentos.

 

Comentários...