Polícia

PC e governo de MG investigam denúncia de funerária de dezenas de mortos por suspeita d Covid-19

Enviado por: Redação V9 26/03/2020

A Polícia Civil de Minas Gerais e o governo do estado investigam um caso registrado em boletim de ocorrências indicando dezenas de mortes por coronavírus não relatadas oficialmente.

O B.O. foi registrado em Belo Horizonte, no último domingo, 22/03, indicando que dezenas de corpos teriam chegado em uma funerária com atestados compatíveis para Covid-19. Mas Minas Gerais ainda não tem nenhum registro oficial de morte comprovada pela doença.

A reclamante é a funerária Zelo, que conta que em um período de 72 horas, 73 cadáveres chegaram ao estabelecimento. Deste total 23 teriam atestados de óbito com suspeita da Covid-19, e as causas descritas como “insuficiência respiratória aguda”, “pneumonia crônica” e “pneumonia aspirativa”.

Todos os mortos tinham faixa etária entre 50 e 90 anos de idade. Os mortos teriam vindo das cidades de Contagem, Betim, Matozinhos e Sete Lagoas, e também um caso do Hospital Militar de Belo Horizonte.

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Pereira da Silva, se pronunciou e disse não acreditar que as mortes sejam causadas por coronavírus, mas decidiu abrir uma investigação.

Comentários...