Polícia

Polícia Militar de Meio Ambiente diz que captura de cachorro do mato aconteceu dentro dos padrões

Enviado por: Augusto Ikeda 15/07/2017

Na última quinta-feira (13), a Polícia Militar de Meio Ambiente realizou a captura de um cachorro do mato, que estava escondido dentro de um padrão de energia na Avenida Raulino Cotta Pacheco, no Bairro Martins. O animal, em seguida, foi encaminhado para o Setor de Animais Silvestres, onde foi tratado.

Só que a captura rendeu muitas críticas vindas de pessoas que filmaram toda a ação, que questionaram os métodos utilizados pela PM. Uma telespectadora da TV Vitoriosa, por exemplo, criticou o recipiente usado para transportar o animal.

O Sargento Eduardo, que realizou a captura do cachorro do mato e chegou a ser mordido por ele, explicou que esse é um procedimento padrão.

“Mesmo em uma contenção de emergência, o animal foi pego pelo dorso, que é um procedimento correto para o manejo desse tipo de animal. Ele não sentiu dor ou qualquer tipo de sofrimento. Deixo bem claro que é uma questão para proteger a população e também o bem estar do animal”, explicou.

Ainda segundo o sargento, o recipiente utilizado para transporte também está dentro dos padrões.

“Esse balde é utilizado para transportar de uma serpente a um animal daquele porte, como um cachorro do mato. Ele é perfurado e corre ventilação. É um recipiente temporário que é só para o deslocamento, que durou menos de 10 minutos. E por ser um recipiente menor, evitou que o animal se debatesse”, comentou.

Informações no local: Léo Carvalho

Comentários...