Polícia

Por dívida de 300 reais, atirador mata um e deixa dois baleados em Prata, inclusive comparsa

Enviado por: Carolina Vilela 25/03/2020

Um homem foi assassinado com uma facada no peito e tiros, dentro de casa, no Bairro Alvorada, na cidade de Prata. O crime aconteceu nesta terça-feira, 24. A informação é que dois criminosos foram cobrar uma dívida de R$ 300 da vítima Wilson José da Silva.

A vítima estava com Tatiana Pereira de Castro, de 28 anos, que também foi atingida por tiros.

Uma terceira pessoa também foi baleada. Segundo a Polícia Militar (PM) Leandro José Rosa de Jesus, de 24 anos, levou um tiro na cabeça. Leandro seria comparsa do homicídio de Wilson José e teria sido o autor do primeiro golpe na vítima, uma facada no peito. O comparsa dele, que não teve o nome divulgado, concluiu o crime com tiros.

Ao perceber que tinha uma testemunha, Tatiana, o atirador também feriu a mulher. Leandro percebeu que a conhecia e tentou impedir que o amigo a matasse, mas na luta corporal acabou levando um tiro na cabeça, disparado pelo comparsa.

Leandro e Tatiana foram socorridos pela equipe do Samu para o Hospital de Clínicas da UFU, em Uberlândia.

Os três baleados têm passagens pelo sistema policial. Contra Wilson José havia um mandado de prisão em aberto e ele tinha acabado de sair do sistema prisional.

Suposto homicida é preso horas depois

Horas depois do homicídio de Wilson e os atentados contra Tatiana e Leandro, um jovem de 18 anos foi preso como principal suspeito do crime. Ele foi encontrado, após depoimentos de uma das vítimas, em uma casa na Rua João dos Reis Alves. O suspeito foi conduzido e apresentado na delegacia de plantão de Ituiutaba.

Comentários...