Polícia

Quadrilha envolvida em explosões de caixas eletrônicos é desarticulada na ‘Operação La Casa de Papel’

Enviado por: Carolina Vilela 11/07/2019

Uma organização criminosa especializada na explosão de caixas eletrônicos, tráfico de drogas, venda de veículos produto de crime e comércio ilegal de armas de fogo foi desarticulada pela Operação La Casa de Papel. A ação é fruto de 18 meses de investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Militar (PM).

Na manhã desta quinta-feira, 11, cumpridos 20 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão. Até agora (9h35) 13 pessoas já foram presas, sendo que três delas já estavam no Presídio Professor Jacy de Assis. Grande parte dos mandados são cumpridos no Bairro Luizote de Freitas.

Participam da ação pelo menos 70 policiais militares e dois promotores de Justiça.

As investigações da Operação foram iniciadas em fevereiro de 2018 após a prisão de um integrante da quadrilha, por causa do ataque a caixas eletrônicos em Unaí, no Noroeste de Minas. Ele foi preso em Uberlândia ao ser flagrado pagando pedágio depois de cometer o crime e abandonando o carro em que estava. Na sequência outras sete prisões foram efetuadas em flagrante por crimes diversos, como porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, posse de explosivos e tráfico de drogas.

Na ocasião foram apreendidos dois fuzis, uma escopeta calibre 12, uma pistola semiautomática 9 mm com “kit rajada”, explosivos, duas centenas de munições de fuzil, maconha e crack, além de dinheiro subtraído na explosão.

Comentários...