Polícia

Quadrilha suspeita de roubar ótica no Bairro Planalto é presa

Enviado por: Isabela Lamark 15/12/2016

Quatro homens suspeitos de formação de uma quadrilha  que roubou dezenas de itens em uma ótica no Bairro Planalto, em Uberlândia, foram presos na noite desta quarta-feira, 14. A Polícia Militar (PM) em patrulhamento pela Avenida João Naves de Ávila recebeu informações de que os possíveis autores de uma assalto estariam em um lava-jato no Santa Mônica.

Uma equipe de inteligência da PM foi acionada para monitorar o local.  Ao chegar no endereço, um jovem saiu de dentro do estabelecimento e foi até uma loja de conveniência de um posto de combustíveis. Ao sair da loja, os militares realizaram a abordagem pessoal no suspeito. Com o menor de 17 anos foi encontrada uma nota de R$ 20 falsa, e ele recebeu voz de apreensão.

A equipe da polícia retornou ao lava-jato alvo da denúncia, onde encontrou os outros três suspeitos. Dentro do estabelecimento foi encontrado em um dos cômodos, embaixo de uma máquina de borracharia, duas sacolas contendo 42 relógios, 53 anéis folheados a ouro, 22 brincos aparentemente de ouro, 3 pulseiras e 7 correntes de ouro. Ao prosseguir com as buscas, debaixo de um colchão foi encontrado mais um relógio.

O suspeito  Alisson Vasconcelos de Oliveira, de 32 anos, reside no lava-jato. O homem relatou para polícia que cedeu o estabelecimento para que o trio guardasse a mercadoria roubada em troca de um relógio (o que estava sob a cama). O proprietário do lava-jato não foi encontrado no momento da abordagem.

Em cima de uma mesa havia uma mochila com roupas e uma touca ninja. Uma blusa de cor azul com estampa branca foi reconhecida pelas vítimas da ótica. Os outros três autores foram identificados: Willians Ferro Fernandes, de 19 anos, Daniel Santos Medici, de 19 anos e o menor de 17 anos apreendido no primeiro momento.

Em outro cômodo da casa a PM encontrou dentro de uma cômoda uma munição de calibre .12 intacta e duas tarjetas de placas de veículos da cidade de São Paulo. Os quatro autores foram encaminhados à delegacia de plantão para prestar esclarecimentos.

Comentários...