Polícia

Suposto ‘pai de santo’ teria estuprado três meninas da mesma família, em Uberlândia

Enviado por: Redação V9 31/03/2021

A Polícia Civil (PC) de Uberlândia ouviu novamente uma das vítimas de um líder religioso, suspeito de abusar de pelo menos de três pessoas da mesma família na cidade. De acordo com a delegada que está à frente do caso, o homem manteve as três jovens, entre elas uma adolescente de 13 anos, morando com ele, sem poder ir embora por sete anos, para que pudesse fazer um trabalho espiritual.

Porém, segundo denúncias das próprias mulheres, o suspeito as obrigava a manter relações sexuais com ele como parte do trabalho.

O suposto pai de santo é um jovem de 20 anos. Um homem que, para muitos, estava acima de qualquer suspeita. Já para alguns, um falso pai de santo, que de santo, pouco tinha.

Em janeiro deste ano uma pessoa chegou a organizar um grupo em que os integrantes denunciavam as experiências malsucedidas com o líder espiritual. Em uma das mensagens enviadas um participante acusa o suspeito de aplicar um golpe. O texto diz que “ele usa a fraqueza das pessoas para conseguir dinheiro, promete mil e uma coisas, promete que vai ajudá-las a resolver os problemas e fica com o dinheiro suado de quem o procura”.

“esse marginal usa a fraqueza das pessoas para conseguir dinheiro nas custas delas, promete mil e uma coisa, promete que vai ajuda-las a resolver seus problemas e rouba o dinheiro suado que as pessoas custam juntar, vagabundo…que a justiça seja feita e que ele e todos envolvidos vão para a cadeia!!!! detalhe: quando fui cobrar ele me ameaçou falando que era o lúcifer e que ia matar eu e meus filhos!!!!!!”

Em outra parte da mensagem o reclamante diz que foi ameaçado pelo líder religioso.

Aqui outro alerta. Um dos seguidores afirma que o homem tira o dinheiro das pessoas que o procura e ainda faz deboche. A mensagem diz ainda que a pessoa espera o resultado do que foi prometido por ele há três meses e até agora, nada.

Em outro trecho a pessoa que reclama também diz que ele manda os mesmos vídeos dos trabalhos para pessoas diferentes e que depois informa sobre a necessidade de fazer mais trabalhos, com o argumento de que os caminhos delas estão fechados, o que geraria ainda mais custos.

Mas essa história infelizmente ganhou um novo ingrediente na semana passada. O suposto pai de santo acabou preso em mais um capítulo, que deixou muita gente chocada. De acordo com a delegada, o depoimento de uma adolescente de 13 anos talvez tenha sido o que mais chamou a atenção. A menina disse que também foi abusada apesar de chorar e pedir para que o suspeito parasse com a violência sexual.

Segundo Lia Valechi, além dos abusos sexuais, outros crimes podem ter sido praticados, como tortura, por exemplo.

A mulher do suspeito também foi conduzida, mas a PC não ratificou o flagrante.

O inquérito deve ser concluído ainda esta semana.

De acordo com o presidente da federação espírita, umbanda, candomblé do estado de Minas Gerais a instituição recebeu recentemente várias denúncias sobre o suposto líder espiritual.

Gilberto Rezende ainda ressalta que a federação não compactua com este tipo de conduta.

Erivelton Rodrigues

Comentários...