Polícia

Suspeito de tentar atear fogo na família é preso após intensa perseguição em Uberaba

Enviado por: Darah Gomes 26/10/2020

Um homem, de 30 anos, foi preso na madrugada deste domingo, 25, após fazer ameaças e tentar atear fogo na esposa, de 21, e nos filhos pequenos no Bairro Jardim Metrópole, em Uberaba. Durante a perseguição para abordá-lo, o suspeito tentou atropelar um policial.

A Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia relatando uma briga de casal. O informante contou ainda que o homem tinha ateado fogo em alguns móveis da casa e estava ameaçando a esposa, dizendo que iria colocar fogo nela e nos filhos. Uma guarnição foi até o local e encontrou a mulher aos gritos e o homem fugindo em um veículo VW/Gol. A vítima relatou que mantém o relacionamento com o suspeito há três anos e é constantemente agredida quando o companheiro consome bebidas alcoólicas. Ela contou que o suspeito jogou álcool no corpo dela e das crianças, sendo que elas precisaram fugir pela janela da residência para que ele não ateasse o fogo.

Policiais deram ordem de parada ao suspeito diversas vezes, mas ele não respeitou e continuou seguindo em alta velocidade por cinco bairros da cidade. Antes do homem entrar com o carro na BR-050, policiais fecharam a rodovia com a viatura e um militar desceu do veículo. Nesse momento, o motorista do Gol jogou o automóvel para cima do policial, na tentativa de fugir e atropelar o agente. Dois militares atiraram nas rodas do carro do suspeito, mas ele continuou a fuga até um motel. Após entrar com o veículo no imóvel, o homem continuou tentando fugir a pé, mas foi alcançado e preso. Ele precisou ser algemado porque começou a desferir chutes contra os policiais, sendo que um deles teve a mão lesionada pelos golpes.

De acordo com a PM, o suspeito é inabilitado e apresentava sinais de ter ingerido bebidas alcoólicas. O homem foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil por suspeita de tentativa de homicídio, ameaça, embriaguez ao volante, direção perigosa e incêndio criminoso.

O caso será investigado.

Comentários...