Polícia

Travesti é espancada até a morte no Bairro Dona Zulmira

Enviado por: Augusto Ikeda 15/06/2017

Uma travesti foi assassinada no Bairro Dona Zulmira, na noite da última quarta-feira (14), após ser espancada até a morte. Foi o homicídio de número 59 registrado na cidade de Uberlândia em 2017.

O crime aconteceu por volta das 23 horas, no cruzamento da Avenida Rubi com a Rua Mica, próximo a BR-365. A vítima, identificada como Renato Laurindo Vieira, de 24 anos, estava saindo de uma festa, acompanhada de seu namorado, quando dois homens desceram de um veículo e desferiram diversos golpes com um pedaço de madeira.

O companheiro da vítima, Bruno Magalhães da Silva, disse que toda a ação foi muito rápida, e que não pode fazer nada para ajudar. A testemunha ainda disse que não entende o motivo do crime, e que a vítima, até onde sabe, não estava se prostituindo no local.

Motivos do crime são desconhecidos

O Tenente Givanildo, da Polícia Militar, afirma que nenhuma hipótese deve ser descartada para entender os motivos do crime. “A gente não descarta nenhuma hipótese. Não houve disparo de fogo, apenas pancadas na cabeça. Estamos levantando todas as hipóteses do que pode ter ocorrido”, disse.

Imagens de câmeras de vigilância de residenciais próximas ao local do crime devem ser utilizadas para ajudar nas investigações.

Informações no local: Bruno Rocha

Comentários...