Política

Justiça nega recurso da prefeitura de Uberlândia para manter procuradora geral no cargo

Enviado por: Redação V9 14/03/2019

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou recurso da Prefeitura de Uberlândia para manter no cargo a procuradora-geral do município Poliana Assunção Ferreira. Ela foi exonerada após o juiz Rowilson Gomes Garcia mandar afastá-la, revogando o decreto que a nomeou em dezembro passado. O pedido de exoneração foi feito pelo Ministério Público Estadual.

Em caso de descumprimento da determinação, a prefeitura estaria sujeita a pagar multa diária de R$ 10 mil. A justiça se baseou na denúncia de que Poliana Assunção responde a três processos judiciais, sendo dois por improbidade administrativa quando ela era procuradora-geral da Câmara Municipal de Barra dos Garças, no Mato Grosso.

O Município informou que continuará recorrendo da liminar em instâncias superiores. A pasta está sob a chefia interina do secretário de Gestão Estratégica, Arnaldo Silva Júnior, que acumula as funções.

Comentários...