Política

Motorista de coletivo usa tribuna da Câmara para apresentar reivindicações da categoria

Enviado por: Redação V9 08/03/2021

O motorista do transporte coletivo urbano, Raimundo Ferreira da Silva, ocupou no dia 08 de março a tribuna da Câmara Municipal, após aprovação pelo plenário, para explicar os fatos relativos à paralisação dos serviços realizada na última semana, apresentar os motivos e pedir apoio dos vereadores à categoria.

Raimundo Ferreira da Silva informou que na última sexta-feira cerca de 100 motoristas foram demitidos injustamente e comunicados via mensagens telefônicas e afirmou ainda que há mais de um ano estão sofrendo represálias das empresas concessionárias do transporte público municipal, inclusive com a redução dos salários. Raimundo considera que o sindicato tem sido omisso e virou as costas a eles.

Os principais pontos apresentados por Raimundo Silva estão voltados para o parcelamento do pagamento dos salários e as condições de trabalho e segurança. Raimundo disse também que a categoria realiza um movimento pacífico, dentro da legalidade, para defesa de seus direitos previstos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Segundo Raimundo Silva os motoristas já estão com dificuldades para comprar leite para os filhos e pagar pensão alimentícia; estão trabalhando em ônibus com bancos quebrados, pneus carecas, embreagem e freios com defeito, sofrendo opressões por parte das empresas, humilhações para pegar cesta básica e demissões ilegais como no caso dele que era participante da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e, que tem provas de todos os fatos relatados.

Aos vereadores, o representante dos motoristas, Raimundo Ferreira da Silva, pediu que promovam fiscalizações junto às empresas de transporte urbano, bem como das condições  dos ônibus em circulação tanto em termos mecânicos quanto de limpeza e sanitização para prevenção da Covid-19 que já matou 14 funcionários do transporte municipal até hoje. Raimundo Silva informou também que as máscaras e álcool gel são racionados e de péssima qualidade, o que preocupa a categoria para o surgimento de novos casos da doença entre eles.

O presidente do Legislativo, vereador Sérgio do Bom Preço (PP) agradeceu a participação de Raimundo Ferreira da Silva na reunião e lembrou que é papel dos vereadores fiscalizar concessões públicas de serviços e que a situação é muito delicada tanto para os motoristas quanto para os usuários do sistema; mas as contas não esperam.

Câmara Municipal

Comentários...