Prefeito eleito em Goiânia, Maguito Vilela, morre pós-covid

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
O prefeito eleito em Goiânia, Maguito Vilela, estava internado há quase 3 meses | Foto: Reprodução / Instagram @Maguito Vilela

O prefeito eleito em Goiânia (GO), Maguito Vilela, morreu nesta 4ª feira (13.jan). Ele estava internado desde 27 de outubro do ano passado, por uma série de complicações decorrentes da Covid-19.

Em nota, a prefeitura de Goiânia informou o falecimento na madrugada de hoje. Ele deve ser sepultado no município de Jataí, em Goiás, e a família já providencia o traslado do corpo.

Maguito Vilela estava com 71 anos e deixa mulher, filhos e netos. O político foi governador de Goiás (1995 a 1998), senador (1998 a 2006) e prefeito de Aparecida de Goiânia (GO). Também foi vice-presidente do Banco do Brasil.

De acordo com o último boletim médico divulgado pelo Hospital Israelista Albert Einstein, Maguito estava sedado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com uma grave infecção pulmonar. Ele também fazia uso da diálise — processo que auxilia a filtragem de líquidos por dificuldades nos rins.

Eleito em 2020

Mesmo internado, Maguito Vilela foi eleito prefeito da capital Goiânia, em Goiás. Ele tomou posse do cargo da UTI, em 1º de janeiro, por uma cerimônia virtual. Após o evento, um pedido de licença por questões de saúde foi entregue e ele se manteve afastado do cargo.

Covid-19

Maguito foi diagnosticado com Covid-19 em 20 de outubro de 2019, e internado em um hospital de Goiânia. O coronavírus provocou uma perda de 75% de suas capacidades pulmonares.  Após o resultado, ele foi transferido para o hospital paulista Albert Einstein, onde foi entubado duas vezes e permaneceu por 77 dias. Ele chegou a vencer o coronavírus, mas não resistiu a infecções posteriores e uma bactéria pulmonar.

SBT

LEIA TAMBÉM!