Brasil: 30 mulheres denunciam ginecologista por abuso, assédio e estupro

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Uma das vítimas abusadas estava grávida de 8 meses. Crimes foram cometidos entre 2019 e 2021 em São Mateus, no norte do Espírito Santo

Um ginecologista de São Mateus, no norte do Espírito Santo, foi preso preventivamente após ser denunciado por, pelo menos, 30 mulheres, de acordo com a advogada de uma das vítimas. 

As mulheres denunciaram relatos de abuso, assédio sexual e estupro cometidos entre 2019 e 2021 por Gedison Luis Gonçalves, de 46 anos. Uma das vítimas afirmou que foi estuprada pelo médico durante uma consulta. Ela estava grávida de 8 meses. 

A então gestante na época do abuso relatou que o ginecologista perguntou sobre a vida sexual dela. O médico chegou a pedir que a mulher mostrasse o “ponto G”. O abuso foi cometido quando a paciente foi ao consultório sem o marido pela primeira vez e teve medo de denunciar. “Por não permitir provas físicas, só ser uma palavra contra a outra. E a Justiça do Brasil é muito falha, né?”, explicou. 

A vítima afirmou que, mesmo relatando em detalhes, nem tudo foi colocado na denúncia. Outras mulheres teriam sido abusadas com toques e elogios inapropriados.

Gedison atendia em clínicas particulares do município. Ele foi preso quando saía de casa, após um mandado de prisão em decorrência da operação “Marias”. Após a detenção do ginecologista, mais mulheres foram à delegacia para prestar depoimento. Uma delas foi a gestante relatada acima.

“Quero que ele continue preso. Não por assédio, [mas sim] por estupro. Porque o que ele fez comigo é, sim, estupro. Ele me masturbou sem a minha permissão. Foi totalmente invasivo”, contou a vítima.

O Conselho Regional de Medicina afirmou, em nota, que abrirá sindicância para apurar os fatos. A Prefeitura de São Mateus disse que todas as consultas do ginecologista foram suspensas.

SBT PRIMEIRO IMPACTO

LEIA TAMBÉM!